Revista Viva Saúde  
alguns ciencia comer dicas dor editorial existe nutrição saude tratamento
 
 
Edição 119 | EXPEDIENTE
Notícias / Home

  Primeiros socorros: o que fazer?

Queimaduras, cortes, intoxicações, engasgos... Nessas situações, o importante é manter a calma

 

Por Carol Nogueira

 

Emergências podem ocorrer em qualquer lugar e com qualquer pessoa. Porém, nesses momentos, é muito comum que a pessoa que está junto a que está ferida fique nervosa. Por isso, é importante que, para prestar ajuda, a pessoa saiba o que está fazendo para manter a calma e consiga agir com prontidão. VivaSaúde consultou especialistas do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, em busca de orientações do que fazer nesses casos.

 

Queimaduras

O que fazer: No caso de queimaduras térmicas, causadas por líquidos e objetos quentes, vapor e fogo, esfrie a área queimada com água fria (não use gelo), cubra com um pano limpo e remova objetos antes que a área afetada comece a inchar.

 

Já queimaduras químicas, causadas por contato com produtos como ácidos, também é importante enxaguar o local por 20 minutos em água corrente e remover os resíduos de roupa contaminados pelo produto.

 

Em queimaduras elétricas, causadas por correntes de baixa voltagem, não se deve tocar na vítima e desligar a corrente elétrica. Em todo caso, encaminhe a pessoa ao médico.

 

O que não fazer: Não use pasta da dente, pomada, ovo, manteiga ou óleo sobre a área queimada, não remova tecidos grudados (corte cuidadosamente e retire o que estiver solto) e não estoure bolhas.

 

Hemorragias

O que fazer: No caso de sangramento de braços e pernas, tente estancar a hemorragia fazendo compressão direta no ferimento com um pano limpo ou curativo. Também é possível elevar o membro afetado acima do nível do tórax, controlando a hemorragia de uma extremidade, ou fazendo compressão indireta de alguma artéria próxima ao ferimento, como a braquial e a femural.

 

Se o sangramento for no nariz, é necessário sentar a vítima com a cabeça para frente para evitar que ela engula o sangue - também é importante que ela respire pela boca. Então, deve-se pressionar as narinas com o dedo indicador e o polegar durante 10 minutos.

 

Em caso de sangramento na boca, deve-se realizar compressão do sangramento dos lábios ou, caso seja nos dentes, é necessário preparar uma gaze ou um pano limpo e pedir para a vítima morder durante 10 minutos.

 

Intoxicações

O que fazer: Transporte a vítima sempre em posição lateral, a fim de evitar aspiração de vômito, caso ocorra. Nos casos de intoxicação por contato de pele, lave abundantemente o local afetado com água corrente e encaminhe a pessoa ao médico. Se ocorrer intoxicação por inalação, remova a vítima para um local arejado e chame um médico.

 

O que não fazer: Nunca deixe a vítima sozinha. Também não se deve deixá-la falar, para que ela não se sinta desconfortável. Se a intoxicação for por ingestão de produtos cáusticos, derivados de petróleo, metais pesados ou resíduos sólidos, não provoque vômito e não ofereça água, leite ou qualquer outro líquido. Nesse caso, é necessário encaminhar a vítima ao médico imediatamente.

 

Engasgos

O que fazer: Enlace a vítima com os braços em volta do abdome e mantenha uma das mãos fechada sobre a "boca do estômago", enquanto a outra mão comprime a primeira, empurrando-a para dentro e para cima, como se quisesse levantar a vítima do chão. No caso de bebês, posicione-o de bruços em seus braços e efetue cinco compressões entre as escápulas. Depois, é necessário retirar o corpo estranho de sua boca.

 

Picadas ou mordidas de animais venenosos

O que fazer: Mantenha a vítima calma e deitada. Por fim, localize o local do machucado e limpe com água e sabão. Cubra com um pano limpo e remova anéis, pulseiras e outros objetos que possam garrotear caso o local inche. Evite que a vítima se movimente para que o veneno não seja absorvido e mantenha a área afetada no mesmo nível do coração ou, se possível, abaixo dele. Leve a vítima e, se possível, o animal, imediatamente, ao serviço de saúde mais próximo.

 

O que não fazer: Não faça torniquete, pois isso pode causar gangrena ou necrose local, não corte o local da ferida para fazer sangria e não aplique folhas, pó de café ou terra sobre a ferida, isso pode provocar infecção.

 

Kit de primeiros socorros
- tesoura
- pinça
- termômetro
- gaze esterilizada (em pacotes separados)
- curativos ataduras de vários tamanhos
- esparadrapo e fitas adesivas
- bandagem
- anti-sépticos líquidos e outras soluções
- solução iodada ou similares
- vaselina estéril
- soro fisiológico

- bolsa de água quente ou gelada
- cotonetes
- repelente de insetos
- luvas de látex





 
Viva Saúde :: 21/02/13
Chás que você deveria tomar todos os dias
 
Viva Saúde :: 20/02/13
Bye, bye, alface
 
Viva Saúde :: 20/02/13
O desafio do autismo
 

 
Viva Saúde :: Clínica Geral :: ed 79 - 2009
25 exames que seu médico deveria pedir


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 70 - 2009
9 formas eficazes de acelerar o metabolismo


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 78 - 2009
Alimentos que fazem a tireoide trabalhar mais (e você perder peso)


 










As novidades da Viva Saúde em primeira mão!





 


Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!
 

Bye, bye, alface
Consumir salada no dia a dia é difícil? A dica é estimular seu paladar com diferentes tipos de folhas e molhos

As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
"Conte-me tudo, não me esconda nada". Essa é a súplica dos profissionais da saúde às pacientes



clínica geral
nutrição
família
viver bem
guia
nesta edição

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS