Revista Viva Saúde  
alguns ciencia comer dicas dor editorial existe nutrição saude tratamento
 
 
Edição 119 | EXPEDIENTE
Notícias / Home

  Como cuidar de crianças com viroses


Durante os meses mais frios e secos do ano, é muito comum que os pequenos fiquem resfriados. Mas com os cuidados certos os pais não têm motivo para se preocupar

 

Por Carol Nogueira

 

Pais cujos filhos estão em idade escolar costumam ficar alertas devido às viroses muito comuns nesses meses, e que se espalham com facilidade. No entanto, medidas simples podem resolver o problema, e ainda fazer com que a criança não contamine os membros da família ou os amiguinhos.

 

De acordo uma análise de 51 estudos sobre diferentes medidas para restringir epidemias de vírus respiratórios, realizada por pesquisadores da Cochrane Collaboration, organização internacional que avalia pesquisas médicas, lavar as mãos da criançada é a melhor medida contra as viroses, tanto para que elas próprias não se contaminarem, quanto para que não contaminem os outros.

 

Para a pediatra Maria Cristina Duarte, membro da Sociedade Brasileira de Pediatria, usar máscaras e luvas ou manter as crianças em quarentena, por exemplo, não são medidas tão eficazes, pois não conterão o vírus em seu período de incubação. "Lavar as mãos antes de se alimentar, depois de ir ao banheiro ou após espirrar, por exemplo, é o que efetivamente protege. E o álcool em gel ajuda a complementar a higienização", explica. Manter o calendário de vacinação em dia também é muito importante.

 

Segundo a infectologista Rosana Richtmann, do Instituto Emílio Ribas e vice-presidente da Sociedade Paulista de Infectologia, as vias aéreas são responsáveis pela transmissão dos vírus respiratórios, por meio de espirros e tosse. "Por isso, durante o inverno, ocorre o aumento de casos. As crianças costumam ficar em ambientes fechados com outros colegas, favorecendo a transmissão pelo ar", diz.

 

"Quando começam a frequentar creches ou escolas, as crianças podem chegar a ter até uma virose por mês, isso porque entram em contato com um número grande de crianças. A incidência, no entanto, diminui com o avanço da idade". Porém é preciso cuidar corretamente dos sintomas, para que não se transformem em outras doenças respiratórias mais graves, como otite aguda, sinusite ou pneumonia.

 

Tratamento correto

As viroses costumam se curar sozinhas, dentro de três a quatro dias; portanto, se o seu filho estiver saudável e com uma alimentação adequada, não há motivos maiores para se preocupar.

 

"Mas nada de medicar a criança sem o aval do pediatra", afirma Maria Cristina. "Os pais ficam ansiosos para curar o filho, e por isso abusam de antibióticos e anti-inflamatórios sem prescrição médica", explica. Fazer repouso, beber bastante água, ingerir antitérmicos e manter o nariz limpo são suficientes na maioria das vezes. "Normalmente, não há necessidade de realizar testes laboratoriais, a não ser que os sintomas não desapareçam após quatro ou mais dias. Nesse caso, convém solicitar exames de sangue ou análise de secreções respiratórias", diz.

 





 
Viva Saúde :: 21/02/13
Chás que você deveria tomar todos os dias
 
Viva Saúde :: 20/02/13
Bye, bye, alface
 
Viva Saúde :: 20/02/13
O desafio do autismo
 

 
Viva Saúde :: Clínica Geral :: ed 79 - 2009
25 exames que seu médico deveria pedir


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 70 - 2009
9 formas eficazes de acelerar o metabolismo


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 78 - 2009
Alimentos que fazem a tireoide trabalhar mais (e você perder peso)


 










As novidades da Viva Saúde em primeira mão!





 


Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!
 

Bye, bye, alface
Consumir salada no dia a dia é difícil? A dica é estimular seu paladar com diferentes tipos de folhas e molhos

As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
"Conte-me tudo, não me esconda nada". Essa é a súplica dos profissionais da saúde às pacientes



clínica geral
nutrição
família
viver bem
guia
nesta edição

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS