Revista Viva Saúde  
alguns ciencia comer dicas dor editorial existe nutrição saude tratamento
 
 
Edição 119 | EXPEDIENTE
Tratamento e Cura / Home

Terapia complementar
  Homeopatia, uma terapia sem efeitos colaterais
Lei dos semelhantes, doses mínimas e remédios individualizados. Esse é o tripé do segundo sistema de medicina mais usado no mundo

Por Cristina Almeida

Foto: Fabio Mangabeira / Produção: Janaina Rezende


Entre todas as terapias complementares, a homeopatia é a mais popular. O princípio que fundamenta o método baseia-se no uso da lei dos semelhantes, já referida por Hipócrates no século IV a.C. Para os homeopatas, “semelhante cura semelhante”. E isso significa que uma doença deve ser tratada por alguma substância capaz de provocar sintomas idênticos em uma pessoa sadia. E como o corpo reage a esse tipo de intervenção? Segundo o médico Carlos Alberto Fiorot, presidente da Associação Médica Homeopática Brasileira, essa é uma questão que intriga a todos os que observam a terapia e os seus efeitos.


A importância da consulta
Fiorot explica que a maioria das pessoas tende a pensar e a ver as coisas de forma mecanicista: o corpo é tido como algo em estado de inércia. Se ele adoece, a causa foi um motivo externo. Para reagir ou melhorar, precisa de outro fator causal: um efeito químico, molecular, etc. “Essa seria a força suficiente e necessária para aliviar ou suprimir aquele estado”, diz. “Entretanto, o corpo é algo com vida própria. E se entendermos o organismo com essa mesma força, isto é, algo vivo, é fácil concluir que, se dermos a ele um tratamento que coloque essas forças em movimento, e no sentido da cura, ele dispensará fatores ou moléculas externas, que agiriam por si”, completa.

O objetivo da terapia, então, é recolocar o paciente no centro do paradigma da atenção. Assim, as consultas com especialistas, que são médicos formados em escolas tradicionais de Medicina, mas têm especialização em homeopatia, serão ligeiramente diferentes. A avaliação compreenderá as dimensões física, psicológica, social e cultural, pois a doença é vista como uma expressão da ruptura do equilíbrio dessas diferentes dimensões. Exames laboratoriais e radiológicos podem ser solicitados para o diagnóstico.

 

1 | 2 | Próxima >>



 
Viva Saúde :: 21/02/13
Chás que você deveria tomar todos os dias
 
Viva Saúde :: 20/02/13
Bye, bye, alface
 
Viva Saúde :: 20/02/13
O desafio do autismo
 

 
Viva Saúde :: Clínica Geral :: ed 79 - 2009
25 exames que seu médico deveria pedir


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 70 - 2009
9 formas eficazes de acelerar o metabolismo


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 78 - 2009
Alimentos que fazem a tireoide trabalhar mais (e você perder peso)


 










As novidades da Viva Saúde em primeira mão!





 


Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!
 

Bye, bye, alface
Consumir salada no dia a dia é difícil? A dica é estimular seu paladar com diferentes tipos de folhas e molhos

As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
"Conte-me tudo, não me esconda nada". Essa é a súplica dos profissionais da saúde às pacientes



clínica geral
nutrição
família
viver bem
guia
nesta edição

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS