Revista Viva Saúde  
alguns ciencia comer dicas dor editorial existe nutrição saude tratamento
 
 
Edição 119 | EXPEDIENTE
Nutrição / Home

  Admirável mundo verde
Conheça os vários tipos de vegetarianismo e aprenda a equilibrar a dieta se você pensa em riscar a carne do cardápio

POR JUREMA APRILE
FOTOS FERNANDO GARDINALI

Há quem imagine o vegetariano como uma pessoa fraquinha, 'esverdeada', que só mastiga grãos integrais e come salada de folhas verdes. Essa idéia, porém, não corresponde à realidade. Basta lembrar das figuras saudáveis de Brad Pitt, Julia Roberts, Elba Ramalho, Karina Bacchi e Evandro Mesquita, entre outros.

Médicos e instituições como a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Federação Mundial de Cardiologia há tempos recomendam diminuir a quantidade de carne vermelha e de gordura no cardápio. Pesquisas recentes destacam ainda maiores benefícios na eliminação completa de produtos de origem animal. Pacientes cardíacos que adotaram uma dieta completamente vegetariana, associada a mudanças no estilo de vida, por exemplo, conseguiram reverter o quadro de bloqueios das artérias coronárias, segundo estudo do médico norte-americano Dean Ornish.

A pergunta que não quer calar: o corte radical de carne poderia trazer desequilíbrio nutricional? A 36a edição do mais importante evento internacional da área, o Congresso Vegetariano Mundial, que aconteceu em Florianópolis, no mês passado, mostrou o contrário. "Bem planejada, ela é capaz de suprir todas as necessidades", afirma o especialista em nutrição vegetariana George Guimarães (SP).

Alteração no menu
Baseado em fibras, vegetais ricos em vitaminas e minerais antioxidantes, o que o vegetarianismo faz é eliminar a gordura saturada (e a carne contém essa substância, daí estar na 'lista negra'). Só isso já ajuda a prevenir cardiopatias, hipertensão, obesidade, diabetes, mal de Parkinson e câncer.

No entanto, seguir essa prática deve ser uma decisão pessoal. O motivo? Quem gosta de comer carne pode ter tantos benefícios quanto aquele que não consome. "É possível ter uma dieta saudável sem retirar este item. Basta limitar o consumo a uma ou duas vezes por semana", diz o cardiologista Carlos Alberto Pastore (SP), coordenador do Instituto do Coração (InCor). A endocrinologista Fernanda D'Elia (SP) concorda: "Se for preciso diminuir muito a quantidade de gordura, recomenda- se uma dieta que exclua a carne vermelha e a gordura das aves".

Uma coisa é certa: a informação e o auxílio nutricional são essenciais para efetuar a alteração no menu - de carnívoro para vegetariano. Por isso, quem pensa em aderir deve procurar orientação profissional, de preferência um nutricionista com experiência na área de vegetarianismo. Com base nos hábitos de vida, é possível negociar o cardápio e aprender a comer corretamente dentro dessa opção alimentar.

Embora vegetarianos possam perder peso porque consomem menos gorduras, é importante avisar que não se trata de regime de emagrecimento. É uma postura alimentar baseada, na maioria das vezes, em motivos éticos, filosóficos, de saúde, religiosos - ou mesmo por uma combinação de todos.

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | 4 | Próxima >>



 
Viva Saúde :: 21/02/13
Chás que você deveria tomar todos os dias
 
Viva Saúde :: 20/02/13
Bye, bye, alface
 
Viva Saúde :: 20/02/13
O desafio do autismo
 

 
Viva Saúde :: Clínica Geral :: ed 79 - 2009
25 exames que seu médico deveria pedir


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 70 - 2009
9 formas eficazes de acelerar o metabolismo


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 78 - 2009
Alimentos que fazem a tireoide trabalhar mais (e você perder peso)


 










As novidades da Viva Saúde em primeira mão!





 


Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!
 

Bye, bye, alface
Consumir salada no dia a dia é difícil? A dica é estimular seu paladar com diferentes tipos de folhas e molhos

As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
"Conte-me tudo, não me esconda nada". Essa é a súplica dos profissionais da saúde às pacientes



clínica geral
nutrição
família
viver bem
guia
nesta edição

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS