Revista Viva Saúde  
alguns ciencia comer dicas dor editorial existe nutrição saude tratamento
 
 
Edição 119 | EXPEDIENTE
Clínica Geral / Home

  Pressão sob controle
Responda rápido: quais são as taxas ideais de pressão sanguínea? Se você ficou na dúvida, saiba que não é o único. Para prevenir os problemas decorrentes dessa medição, é preciso monitorar de perto os altos e baixos

POR RITA TREVISAN

ALTOS E BAIXOS

Em geral, para serem considerados ideais, os níveis de pressão máxima (sistólica) e mínima (diastólica) precisam estar abaixo de 140 e 90, respectivamente. Popularmente, reduzimos esses índices, tratando-os simplesmente como 14 por 9. "Cada vez que a pressão máxima aumenta 20 mm ou a pressão mínima se eleva em 10 mm, o risco de mortalidade por problemas decorrentes da pressão alta cresce duas vezes.

Então, se eu passar, na pressão máxima, de 120 para 140, por exemplo, meu risco de mortalidade dobra", explica Mion. Os índices abaixo de 130 e 80, ou 13 por 8, não são tão preocupantes. "Na maioria das pessoas, a pressão baixa, ou hipotensão, é chamada de constitucional, o indivíduo apresenta aqueles níveis durante toda a vida sem nenhum sintoma. Nesses casos, ela não requer nenhum tipo de tratamento", diz o cardiologista Heno Lopes, da Unidade de Hipertensão do Instituto do Coração (Incor) do Hospital das Clínicas da FMUSP. "A pressão ideal é a mais baixa possível desde que o indivíduo consiga manter suas atividades normais. Se a pressão é de 8 por 5, por exemplo, e a pessoa não sente nenhum tipo de mal-estar, não há motivos para se preocupar", complementa Barros.

O diagnóstico de alteração na pressão, seja ele qual for, é realizado com o auxílio de um aparelho medidor que, preso ao braço, é insuflado até obstruir a passagem de sangue no vaso, fazendo o pulso desaparecer completamente. Em seguida, o equipamento é afrouxado aos poucos e o profissional faz a ausculta com um estetoscópio. "Essa medição precisa ser feita por um profissional treinado, com o aparelho bem calibrado e em condições técnicas ideais.

Qualquer descuido resultará em uma interpretação errônea", alerta Silvio Reggi, cardiologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A conduta rigorosa que a avaliação exige fez com que o serviço, antes oferecido em farmácias,ficasse sob responsabilidade apenas dos hospitais, por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Para tratar a hipertensão é preciso cortar o sal da dieta, pois ele aumenta a retenção de líquidos, o que faz a pressão subir

... E VERDADES

O calor faz a pressão cair.
"A elevação na temperatura pode provocar uma vasodilatação e, com isso, a pressão cai. Em geral, no verão, a pressão é mais baixa do que no inverno", diz o nefrologista Décio Mion.

A dor de cabeça é um dos principais sintomas da pressão alta.
"Ela pode ser sintoma da pressão alta tanto quanto a pressão alta pode ser uma consequência da dor, já que qualquer desconforto provoca impacto sobre a pressão. Na maioria das vezes, no entanto, a dor de cabeça tem outras causas, que não estão diretamente relacionadas com a pressão a rterial", afirma Celso Amodeo.

Anti-hipertensivos podem prejudicar o desempenho sexual.
Os prejuízos para o desempenho sexual, assim como a tosse, o chiado no peito, a insuficiência renal, as cãibras e os inchaços nos membros inferiores podem aparecer em decorrência do uso de medicamentos para controlar a pressão. Mas os efeitos colaterais variam de um remédio para o outro, pois há vários tipos de drogas que podem ser utilizadas no tratamento. "Ainda assim, a maioria dos sintomas desagradáveis perdura só pelo tempo necessário para que o organismo se adapte ao remédio",afirma Christiano Roberto Barros.

SEM SAL

Mais do que atuar na prevenção, os exames regulares oferecem a possibilidade de um diagnóstico precoce, que permite a aplicação do tratamento antes que o problema lesione outros órgãos do corpo. A medida de pressão arterial nos possibilita conhecer a força com que o sangue - constantemente bombeado pelo coração - atinge a parede dos vasos, no processo de circulação no organismo. Se a pressão for alta, evidentemente, haverá um desgaste progressivo dos vasos. Daí a necessidade de intervir.

Para prevenir e tratar o problema, a mudança na alimentação é quase sempre o primeiro passo. A redução do sal é imprescindível. "Ele aumenta a retenção de líquidos, o que faz a pressão subir", diz Décio Mion. Em geral, o brasileiro consome o dobro da quantidade recomendada, que é de seis gramas ao dia. Livrar-se desse vilão, no entanto, é tarefa complicada. "Cortar o sal de cozinha que adicionamos aos pratos durante a preparação é o mais fácil. A questão é que 30% do sódio que consumimos estão presentes nos alimentos. Isso sem falar nos produtos industrializados que são conservados à base de sal", alerta Cynthia Carla da Silva, coordenadora do setor de Nutrição Preventiva do Hospital do Coração (HCor)

Entre a lista dos alimentos proibidos para os hipertensos estão os condimentos, aromatizantes e realçantes de sabor, como o molho inglês, o shoyu, o catchup e os caldos de carne e legumes, entre outros. Pratos prontos, embutidos (salsicha, linguiça, hambúrguer, presunto etc.), salgadinhos, envidrados ou enlatados - palmito, azeitona etc. - também devem ser evitados. "É preciso ficar atento à quantidade de sódio contida nos alimentos; as versões light normalmente restringem apenas a gordura. Trocar embutidos de carne bovina por carne de ave, por exemplo, não funciona no caso dos hipertensos. Ambos possuem grande quantidade de sal. Para os queijos, a orientação é a mesma: observar o rótulo antes de comprar. Diversos queijos brancos possuem até mais sódio que os amarelos", adverte a nutricionista.

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3 | Próxima >>



 
Viva Saúde :: 20/02/13
As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
 
Viva Saúde :: 20/02/13
Retenção de líquidos
 
Viva Saúde :: 19/02/13
O que perguntar antes da cirurgia
 

 
Viva Saúde :: Clínica Geral :: ed 79 - 2009
25 exames que seu médico deveria pedir


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 70 - 2009
9 formas eficazes de acelerar o metabolismo


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 78 - 2009
Alimentos que fazem a tireoide trabalhar mais (e você perder peso)


 










As novidades da Viva Saúde em primeira mão!





 


Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!
 

Bye, bye, alface
Consumir salada no dia a dia é difícil? A dica é estimular seu paladar com diferentes tipos de folhas e molhos

As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
"Conte-me tudo, não me esconda nada". Essa é a súplica dos profissionais da saúde às pacientes



clínica geral
nutrição
família
viver bem
guia
nesta edição

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS