Revista Viva Saúde  
alguns ciencia comer dicas dor editorial existe nutrição saude tratamento
 
 
Edição 119 | EXPEDIENTE
Família / Home

  Cabeça de criança: como aperfeiçoar essa máquina
Para desenvolver a inteligência e outras funções cognitivas, o cérebro precisa ser estimulado desde o nascimento. Saiba como isso pode ser feito com os filhos de zero a sete anos de idade da melhor maneira possível

POR EULINA OLIVEIRA
ILUSTRAÇÃO MG STUDIO

Independentemente da carga genética, o cérebro humano tem de ser constantemente desafiado pa ra que mantenha e até melhore as suas funções cognitivas (como memória, percepção, raciocínio lógico-matemático, linguagem, atenção, aprendizado...). Mas, como é na infância que se desenvolvem as bases da inteligência, exercitar os neurônios desde cedo é tão importante para a garotada quanto ir à escola, dormir cedo e obedecer aos pais.

Assim que a criança nasce, os estímulos têm de ocorrer da forma mais variada possível. Desde o simples toque no bebê recém-nascido até brincadeiras e atividades mais complexas e desafiadoras a partir dos seis ou sete anos. É através dos estímulos sensoriais que são formadas as chamadas sinapses - conexões que favorecem a comunicação entre os neurônios. Quanto mais sinapses se formarem, melhor serão as capacidades cognitivas e maior será o aprendizado ao longo da vida.

"A capacidade de compreensão dos bebês é muito maior do que a maioria dos pais pode julgar", alerta o neuropediatra Luiz Celso Pereira Vilanova, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Os adultos também não sabem que têm um papel fundamental para o desenvolvimento do cérebro de seus filhos. "Especialmente nos primeiros seis meses de vida, o vínculo afetivo favorece conexões cerebrais do bebê que irão valer para a vida inteira", garante a pediatra Ana Maria de Ulhôa Escobar, do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas de São Paulo.

UMA ALIMENTAÇÃO BALANCEADA E BOAS CONDIÇÕES DE SAÚDE TAMBÉM SÃO ESSENCIAIS PARA O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA COMO UM TODO. A MELHORA DESSES TRÊS FATORES É RESPONSÁVEL PELO AUMENTO DO QUOCIENTE DE INTELIGÊNCIA (QI) VERIFICADO A CADA NOVA GERAÇÃO

PRINCIPAIS ÁREAS DO CÉREBRO ESTIMULADAS
LOBO OCCIPITAL -
Responsável pelo processamento da informação visual. Recebe estímulos de brinquedos e objetos coloridos, ilustrações, videogame e televisão

LOBO PARIETAL - Relacionado às sensações táteis e habilidades matemáticas e espaciais. Estimulado pelas brincadeiras, brinquedos e música

LOBO TEMPORAL - Encarregado do processamento dos sons, da compreensão da linguagem e do gerenciamento da memória. Estimulado pela leitura de histórias, música, instrumentos musicais, brinquedos e pelo aprendizado de idiomas

LOBO FRONTAL - Responsável pelo pensamento, planejamento, comportamento, emoção e movimentos voluntários. Estimulado pela música, leitura, brincadeiras, videogame, movimentos corporais (como a dança)

LOBO TEMPORAL

Além disso, os pais e cuidadores devem estar sempre interagindo com a garotada, brincando e conversando desde os primeiros dias de vida. O toque, por exemplo, estimula a função cerebral responsável pela sensibilidade, a primeira a se desenvolver, assim como a visual e a motora. Para incentivar as funções visuais, a criança precisa manter contato com brinquedos e objetos de cores vivas e contrastantes. As motoras são estimuladas por meio de brincadeiras.

Mas há momentos em que o filho deve soltar a imaginação sozinho. "São oportunidades para desenvolver o pensamento mágico que os adultos não têm", afirma a pediatra Ana Maria de Ulhôa Escobar.

Para o neuropediatra Mauro Muszkat, da Unifesp, os pais devem considerar o gosto da criança pela atividade proposta. "Ela também não pode estar com fo me ou sono, por exemplo. Caso contrário, ficará irritada e o estímulo não irá funcionar", afirma.

Confira, a seguir, algumas formas de estimular o desenvolvimento do cérebro de seus filhos:

SEGUNDO O NEUROPEDIATRA LUIZ CELSO PEREIRA VILANOVA, "QUANTO MELHOR É O NÍVEL EDUCACIONAL DO PAI E DA MÃE (OU DOS CUIDADORES), MAIS ESTIMULADA A CRIANÇA SERÁ"

MÚSICA PARA OS NEURÔNIOS
Esse é um dos estímulos mais importantes para o desenvolvimento da criança, por envolver diversas áreas cerebrais, especialmente nos primeiros dois anos de vida. "Os sons, ritmos e tudo o que envolve o universo musical facilitam a organização visual e de espaço, o entendimento, o raciocínio lógico e a expressão", afirma o neuropediatra Mauro Muszkat.

O especialista alerta, porém, que, recebidos de forma passiva, os impactos da música são relativos. Por isso, é importante incentivar a criança a cantar, dançar e, a partir dos três anos, se ela manifestar interesse, aprender a tocar instrumentos musicais. Os pais devem participar dessas atividades ativamente.

Quanto a que tipo de música incentivar os filhos a ouvir, isso é uma questão pessoal. Mas sem dúvida alguns ritmos são mais saudáveis. A simples audição de música clássica, por exemplo, pode não ser tão relevante ao desenvolvimento e aperfeiçoamento do cérebro infantil, como sugerem alguns estudos, mas certamente ajudará a criança a ser mais tranqüila.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>



 
Viva Saúde :: 20/02/13
O desafio do autismo
 
Viva Saúde :: 21/02/13
Chás que você deveria tomar todos os dias
 
Viva Saúde :: 20/02/13
Bye, bye, alface
 

 
Viva Saúde :: Clínica Geral :: ed 79 - 2009
25 exames que seu médico deveria pedir


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 70 - 2009
9 formas eficazes de acelerar o metabolismo


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 78 - 2009
Alimentos que fazem a tireoide trabalhar mais (e você perder peso)


 










As novidades da Viva Saúde em primeira mão!





 


Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!
 

Bye, bye, alface
Consumir salada no dia a dia é difícil? A dica é estimular seu paladar com diferentes tipos de folhas e molhos

As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
"Conte-me tudo, não me esconda nada". Essa é a súplica dos profissionais da saúde às pacientes



clínica geral
nutrição
família
viver bem
guia
nesta edição

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS