Revista Viva Saúde  
alguns ciencia comer dicas dor editorial existe nutrição saude tratamento
 
 
Edição 119 | EXPEDIENTE
Nutrição / Home

  Muito mais do que sorte
Fruta milenar, originária do Oriente Médio, a romã é sempre lembrada nas superstições de final de ano. Felizardo mesmo é quem a consome habitualmente. Afinal, ela é rica em compostos que previnem problemas cardiovasculares, câncer, inflamações...

POR YARA ACHÔA

FOTO: SÍMBOLO IMAGENS
Nativa da Pérsia e cultivada no Irã desde 2000 a.C., a romã foi levada pelos fenícios para o Mediterrâneo, de onde se difundiu para as Américas. Estudos arqueológicos garantem ter encontrado resquícios da fruta em milenares túmulos egípcios. Há referências a ela ainda na literatura egípcia, hebraica e até no clássico Romeu e Julieta, de William Shakespeare. Para os gregos significa amor e fecundidade - sua árvore foi consagrada a Afrodite, pois acreditava-se que possuía propriedades afrodisíacas. Já os israelitas a têm como símbolo religioso.

Por aqui, a romã - que teria chegado pelas mãos dos portugueses - costuma ser lembrada nas festas de final de ano, em simpatias que prometem dinheiro, prosperidade e fartura. Mas sorte mesmo possui quem consome o alimento. "A romã é rica em compostos antioxidantes, em ácidos fenólicos e em flavonóides, o que traz muitos benefícios à saúde como por exemplo, proteção cardiovascular. Isso é comprovado cientificamente", diz a farmacêutica Fernanda Jardini (SP), que desenvolveu um estudo sobre a fruta no Departamento de Alimentos e Nutrição Experimental da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP).

FOTO: SÍMBOLO IMAGENSEssa 'força' ao coração, segundo a especialista, se dá pela ação do ácido gálico, o principal elemento da vermelhinha. E ele é encontrado na parte rosada do alimento. Graças à presença do composto antocianina - também presente no vinho - seu consumo garantiria ainda a longevidade. Mas a casca, a parte branca e as sementes também possuem importantes propriedades. O extrato de romã - obtido a partir da prensagem da fruta inteira - contém taninos hidrolisáveis que ajudam na prevenção do câncer.

Uma recente pesquisa desenvolvida na Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, e publicada na revista acadêmica Proceedings of the National Academy of Sciences, inclusive, indica que pode ajudar a diminuir o avanço do tumor de próstata. Os testes em ratos demonstraram redução no ritmo de multiplicação desse tipo de célula cancerígena em contato com o extrato de romã. Os resultados animaram os cientistas. "Há bons motivos para testar essa fruta nos humanos, tanto para prevenção quanto para o tratamento de câncer", declarou Hasan Mukhtar, que comandou o estudo americano.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>



 
Viva Saúde :: 21/02/13
Chás que você deveria tomar todos os dias
 
Viva Saúde :: 20/02/13
Bye, bye, alface
 
Viva Saúde :: 18/02/13
Sala de espera
 

 
Viva Saúde :: Clínica Geral :: ed 79 - 2009
25 exames que seu médico deveria pedir


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 70 - 2009
9 formas eficazes de acelerar o metabolismo


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 78 - 2009
Alimentos que fazem a tireoide trabalhar mais (e você perder peso)


 










As novidades da Viva Saúde em primeira mão!





 


Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!
 

Bye, bye, alface
Consumir salada no dia a dia é difícil? A dica é estimular seu paladar com diferentes tipos de folhas e molhos

As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
"Conte-me tudo, não me esconda nada". Essa é a súplica dos profissionais da saúde às pacientes



clínica geral
nutrição
família
viver bem
guia
nesta edição

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS