Revista Viva Saúde  
alguns ciencia comer dicas dor editorial existe nutrição saude tratamento
 
 
Edição 119 | EXPEDIENTE
Universo da Medicina / Home

O Especialista - Descubra as diversas áreas da med
  Os rins na visão do médico
Considerados os filtros do sangue, esses pequenos órgãos vitais exigem um clínico especial para eles: o nefrologista. Saiba quando procurá-lo.

POR VICTOR FERREIRA

Eles têm formato de feijão, são do tamanho do punho de um adulto (cada rim tem aproximadamente 10 cm), e estão situados nos lados direito e esquerdo das costas, protegidos pelas últimas costelas. E nossa sobrevivência depende do funcionamento normal desses pequenos órgãos. São quatro suas funções básicas: eliminar toxinas do sangue por meio de um sistema de filtração; regular a formação do sangue e a produção dos glóbulos vermelhos; regular a pressão sangüínea; e controlar o delicado balanço químico e de líquidos do organismo. Quando há alguma disfunção nessa área, os 'filtros' começam a perder a eficácia, o que traz danos à saúde. O nefrologista entra em cena aí ou, de preferência, bem antes disso, para prevenir maiores complicações.

De acordo com Pedro Alejandro Gordan, presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia, muitos são os sintomas que podem levar uma pessoa ao especialista. Alguns são mais freqüentes, embora não signifiquem necessariamente conseqüência de distúrbios renais. De qualquer maneira, vale agendar uma consulta diante dos seguintes sinais: alteração na cor da urina (tonalidade como coca-cola ou sanguinolenta); dor ou ardor ao urinar; levantar mais de uma vez à noite para ir ao banheiro; inchaço dos tornozelos ou ao redor dos olhos; dor lombar; pressão sangüínea elevada; anemia (palidez anormal); fraqueza e desânimo constante; náuseas e vômitos freqüentes pela manhã. Vale ressaltar que quem tem história de doença renal na família, bem como portadores de diabetes mellitus com mais de cinco anos de evolução também devem ficar atentos.

ILUSTRAÇÃO: MG STUDIOExiste diferença
Por serem órgãos vitais, a maioria das doenças dos rins é grave. Entretanto, o problema que mais leva pacientes ao nefrologista é a infecção urinária, uma ocorrência que acomete principalmente as mulheres. Hipertensão e inchaços de toda ordem - que podem significar diminuição da função renal e/ou nefrolitíase, popularmente conhecida como 'pedra nos rins' - também podem ser tratados por esse médico. Existem ainda alguns males infecciosos, como a aids, leptospirose e malária, que não são da alçada do nefrologista, mas afetam gravemente os pequenos órgãos vitais.

Muitas vezes os pacientes confundem o urologista com o nefrologista. Mas é bom esclarecer que o primeiro trata das vias urinárias desde o rim até a uretra e dos procedimentos cirúrgicos renais. Já o segundo cuida do funcionamento dos rins, das doenças renais de toda ordem e também das alterações no corpo causadas pelo mau funcionamento dos órgãos. Em um transplante renal, por exemplo, o urologista é quem faz a cirurgia, mas o pré e pós-operatório ficam sob comando do nefrologista, que verifica a função renal no doador e no receptor durante todo o processo.

A formação do nefrologista exige seis anos de faculdade de medicina, dois anos de residência médica em clínica geral e dois anos de especialização em rins. No Brasil, segundo Pedro Gordan, há cerca de 2.700 nefrologistas - 60% deles nas regiões Sudeste e Sul.

10 SINAIS DE DOENÇA NOS RINS
 


 Pressão Alta
 Diabetes
 Dificuldade de urinar
 Queimação ou dor ao urinar
 Urinar muitas vezes
 Urina com aspecto sanguíneo lento
 Urina com muita espuma
 Inchaço ao redor dos olhos e nas pernas
 Dor lombar, que não piora com movimentos
 Histórico de pedras nos rins

   

 





 
Viva Saúde :: 21/02/13
Chás que você deveria tomar todos os dias
 
Viva Saúde :: 20/02/13
Bye, bye, alface
 
Viva Saúde :: 20/02/13
O desafio do autismo
 

 
Viva Saúde :: Clínica Geral :: ed 79 - 2009
25 exames que seu médico deveria pedir


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 70 - 2009
9 formas eficazes de acelerar o metabolismo


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 78 - 2009
Alimentos que fazem a tireoide trabalhar mais (e você perder peso)


 










As novidades da Viva Saúde em primeira mão!





 


Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!
 

Bye, bye, alface
Consumir salada no dia a dia é difícil? A dica é estimular seu paladar com diferentes tipos de folhas e molhos

As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
"Conte-me tudo, não me esconda nada". Essa é a súplica dos profissionais da saúde às pacientes



clínica geral
nutrição
família
viver bem
guia
nesta edição

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS