Revista Viva Saúde  
alguns ciencia comer dicas dor editorial existe nutrição saude tratamento
 
 
Edição 119 | EXPEDIENTE
Sala de espera / Home

  Sala de espera
Seu jornal sobre o universo da saúde

por Raphaela Maia
 

Novo biomarcador para o câncer de ovário
Um recente estudo dirigido pelos pesquisadores Gary G. Schwartz e Halcyon G. Skinner, do Comprehensive Cancer Center, da Universidade Wake Forest e pela Escola de Medicina e Saúde Pública da Universidade de Washington (EUA), revelou que os níveis de cálcio no sangue podem evidenciar esse tipo da doença. Os cientistas investigaram possíveis associações entre a presença do mineral e a patologia em dois grupos distintos. Descobriu-se que mulheres diagnosticadas de forma tardia, ou que tiveram câncer como causa de morte possuíam níveis elevados de cálcio em relação às mulheres sãs. A descoberta é uma importante conquista, pois possibilitará a identificação do problema antes que ele avance. Os especialistas afirmam que a ideia se sustenta porque muitos cânceres de ovário expressam níveis altos de uma proteína, a PTRHrP, conhecida por aumentar o cálcio no sangue também em outros tipos de câncer. Apesar da boa notícia, a investigação ainda precisa ser confirmada em estudos de maior escala.

 


Dependência química em foco
Em O Tratamento da dependência química e as terapias cognitivo-comportamentais (Ed. Artmed), os autores Ronaldo Laranjeira e Neide Zanelatto abordam a evolução do tratamento da dependência química, com foco no auxílio do paciente e na busca pela mudança de comportamentos que estimulam a dependência, utilizando ferramentas terapêuticas cujos resultados são baseados em evidências. R$ 79.



das mulheres entre 16 e 45 anos não ingere a quantidade diária de cálcio recomendada pela OMS (100 mg/dia) e, ainda assim, pensa que a consome

 

Adesivo substitui comprimido para tratar enxaqueca

O órgão de saúde norte-americano Food and Drug Administration (FDA) aprovou o uso de um adesivo corporal para o tratamento de enxaqueca, cujas crises podem provocar fotossensibilidade, tonturas e enjoo. O produto possui um mecanismo luminoso que acende quando começa a funcionar e apaga assim que a "terapia" chega ao fim, cerca de cinco horas depois. Uma das vantagens de seu uso seria a diminuição dos sintomas antes do término de sua ação. O segredo está em uma substância chamada sumatriptano, a qual é comumente administrada por via oral em pacientes que sofrem desse tipo de problema. Ao ser aplicado nos braços ou nas pernas, o adesivo libera doses gradativas desse princípio ativo. A novidade dessa abordagem terapêutica é que a substância é facilmente absorvida pela pele, o que representa uma alternativa ao desconforto do uso de comprimidos quando se está nauseado. Para os pacientes brasileiros, entretanto, ela ainda está indisponível.

 

 

5 causas mais frequentes das varizes

1. Nascer sob o sexo feminino: segundo estudos, mulheres têm de duas a três vezes maior propensão ao problema. Para prevenir, use meias elásticas que ajudam na circulação
2. Alimentação: modere-se à mesa. Pessoas com sobrepeso, que comem de forma descontrolada, acabam sobrecarregando as veias das pernas que precisam suportar o peso maior do corpo.
3. Uso de anticoncepcionais: os altos níveis de estrogênio das pílulas alteram o funcionamento das válvulas do interior das veias. A consequência é o aumento das chances de ter varizes.
4. Gravidez: nesse caso, são as alterações hormonais as responsáveis pelo aparecimento de varizes durante essa fase.
5. Uso de salto alto: quando usado todos os dias e por longos períodos, o salto pode prejudicar o bombeamento de sangue nas pernas, fazendo as varizes surgirem. Alongue-se ao longo dia. A iniciativa evitar o surgimento do incômodo.

 

Como o brasileiro associa o saneamento básico às doenças
Uma pesquisa r ealizada pelo IBOPE em 2012 revelou que 70% da população declara já ter sofrido de algum problema de saúde por conta da falta do serviço de esgoto. O estudo, realizado em 79 cidades brasileiras com mais de 300 mil habitantes, mostrou ainda que 31% das pessoas sequer sabe o que é saneamento básico. Abaixo, as doenças mais comuns apontadas pelos entrevistados como consequência do problema:

 

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>



 
Viva Saúde :: 21/02/13
Chás que você deveria tomar todos os dias
 
Viva Saúde :: 20/02/13
Bye, bye, alface
 
Viva Saúde :: 20/02/13
O desafio do autismo
 

 
Viva Saúde :: Clínica Geral :: ed 79 - 2009
25 exames que seu médico deveria pedir


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 70 - 2009
9 formas eficazes de acelerar o metabolismo


Viva Saúde :: Nutrição :: ed 78 - 2009
Alimentos que fazem a tireoide trabalhar mais (e você perder peso)


 










As novidades da Viva Saúde em primeira mão!





 


Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!
 

Bye, bye, alface
Consumir salada no dia a dia é difícil? A dica é estimular seu paladar com diferentes tipos de folhas e molhos

As mentiras que as mulheres contam (aos médicos)
"Conte-me tudo, não me esconda nada". Essa é a súplica dos profissionais da saúde às pacientes



clínica geral
nutrição
família
viver bem
guia
nesta edição

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS