assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Você sabia que alho é anti-inflamatório natural?

Publicado em 15 de Nov de 2017 por Ana Carolina Gabriel | Comente!

Pesquisas científicas destacadas no site da Arthritis Foundation apontam que pessoas que ingerem alho têm chances reduzidas de apresentar osteoporose precocemente. Veja mais benefícios



Texto Tatiana Pronin | Foto Marcelo Resende e Shutterstock | Edição web Ana Carolina Gabriel 


Assim como o azeite extravirgem, o alho é uma unanimidade entre médicos e especialistas em nutrição quando se fala em alimentos que promovem bem-estar e beneficiam a saúde. Inúmeras são as enfermidades que podem ter efeitos e sintomas aliviados pela ingestão desse tempero,dos resfriados comuns às doenças cardiovasculares, de modo que é possível encontrar até suplementos com extrato de Allium sativum em farmácias e lojas de produtos naturais.

Para os que sofrem de problemas como a osteoartrite, o alho traz diversas vantagens. Uma delas é que ajuda a estimular a formação de tecido ósseo, por conter boas doses de zinco e manganês em sua composição,segundo a nutróloga Letícia Fontes. “Ainda apresenta alto teor de vitamina B6, que fortalece a imunidade.”

“Outra característica importante do alimento é ser fonte de alicina, um composto bioativo que exerce efeito imunomodulatório e anti-inflamatório,quer dizer, melhora a atividade do sistema imunológico e também exerce função anti-inflamatória”, afirma a nutricionista Clarissa Fujiwara. Seu efeito está relacionado a uma redução na produção das citocinas pró-inflamatórias, vilãs das artrites.

Pesquisas científicas destacadas no site da Arthritis Foundation apontam que pessoas que ingerem alho (além de cebola e alho-poró, que possuem propriedades parecidas) têm chances reduzidas de apresentar osteoporose precocemente – pacientes com artrite reumatoide têm risco aumentado de perder massa óssea pelo consumo de corticoides e,ainda, pela redução na imobilidade provocada pelas dores.

COMO CONSUMIR: o tempero cai bem em praticamente qualquer prato,das saladas às carnes, passando pelas guarnições. Os especialistas indicam que se evite comprar o alho já picado. Ao refogá-lo, tente deixar o mínimo possível sobre a frigideira, para conservar melhor seus nutrientes. Se não for possível, vale espremer um dente cru sobre a receita depois de pronta.


Como fazer alho em conserva

INGREDIENTES:
1. 1 litro de água
2. 1 xícara (chá) de vinagre
3. 1 colher (sopa) de sal
4. 1 colher (sopa) de açúcar
5. 4 grãos de pimenta-da-jamaica
6. 4 cabeças de alho descascadas

MODO DE FAZER
Em uma panela, coloque a água, o vinagre,o sal, o açúcar e a pimenta. Misture uma vez só e leve ao fogo médio e deixe ferver por 15 minutos. Acrescente o alho e deixe cozinhar por 20 minutos. Desligue o fogo e deixe esfriar. Coloque em vidros esterilizados, tampe e conserve na geladeira — dura um mês. Sirva com carnes, salada, frango, peixe.

RENDIMENTO: 300 g | CALORIAS POR PORÇÃO: 220 kcal

 

Coleção Especial VivaSaúde - Artrite e artrose: as doenças das articulações

 



COMENTE!