assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Espinafre: veja como contar com o vegetal para aumentar a imunidade

Publicado em 26 de Oct de 2017 por Kelly Miyazato | Comente!

Você sabia que o vegetal verde-escuro possui ácido fólico, que contribui na formação de hormônios que proporcionam bem-estar e bom humor? Fique por dentro dos benefícios e veja como também é possível contar com o espinafre para aumentar a imunidade e prevenir diversos tipos de câncer



 

Espinafre: veja como contar com o vegetal para aumentar a imunidade

O espinafre é um alimento bastante nutritivo, com poucas calorias e muitas vitaminas. Sua fama e popularidade vieram na década de 1930 com o personagem de desenho animado Popeye. Muitos pais encorajaram seus filhos a consumirem mais o alimento para serem fortes e saudáveis como o marinheiro. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Oregon (EUA), o espinafre é uma excelente fonte de carotenoides e polifenóis e, em conjunto, essas substâncias têm ação antioxidante, anti-inflamatória e fortalecem bastante a imunidade do organismo. Além disso, o alimento possui clorofila que neutraliza as toxinas. Conta também com boas quantidades de ferro, vitamina A e K e magnésio.

“Esse vegetal possui propriedades anti-inflamatórias que auxiliam no alívio da inflamação dos seios da face (sinusite). O alimento é uma excelente fonte vegetal da coenzima Q10, que é um composto presente nas mitocôndrias, o centro de produção de energia das células. Essa propriedade reforça o sistema imunológico do organismo e também neutraliza os radicais livres”, explica Lívia Salustiano, nutricionista do Empório Mundo Natural (SP).

  • Como consumir

A combinação perfeita é cozinhar o espinafre com azeite. O ideal é sempre cozinhá-lo e é importante evitar consumi-lo cru. Isso porque, ao ser cozido, o vegetal elimina alguns ácidos que não são benéficos à saúde. Ao ser fervido, ele também ganha um sabor mais suave. A dose recomendada por pessoa é uma xícara (chá) cerca de uma a duas vezes por semana. O espinafre também não pode ser consumido em excesso, pois causa pedras nos rins, além de deficiência de cálcio e ferro por interferência na absorção destes minerais.

  • Um anti-inflamatório bastante eficaz

Por possuir flavonoides, substâncias que neutralizam os radicais livres no corpo, o consumo do vegetal ajuda a prevenir diversos tipos de câncer. Além disso, contém fitoquímicos que atrapalham a sobrevivência das células de câncer e inibem a inflamação que causa a doença. Um periódico científico, o Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention, mostrou que consumir esse alimento duas vezes por semana diminui em 44% o risco de câncer de mama. Outros estudos também citam o uso do espinafre contra tumores no cólon, ovário e próstata. E os benefícios não param por aí. A junção da vitamina C com o betacaroteno ajuda a manter a saúde do coração e impede o aumento de colesterol ruim no organismo. Uma porção de espinafre diária neutraliza a homocisteína, uma proteína prejudicial que aumenta o risco de infarto.

 

*Produção e edição de texto: Samantha Cerquetani e Raquel Budow - Coleção Viva Saúde Especial - Conviver com a rinite e sinusite | Foto: Marcelo Resende e Shutterstock | Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Coleção Viva Saúde Especial - Conviver com a rinite e sinusite

 

 

 

 

 

 

 



COMENTE!