assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Conheça os benefícios da dieta para o cérebro

Publicado em 03 de Oct de 2016 por Ana Carolina Gabriel | Comente!

O que você coloca no prato todos os dias é capaz de ajudá-lo a ficar mais inteligente, melhorar a memória e ainda prevenir doenças degenerativas. Veja quais são os benefícios da dieta para o cérebro



Conheça os benefícios da dieta para o cérebro

Salada contra a depressão
Não há alimento que cure essa enfermidade, mas a alface pode ajudar a controlar as mudanças de humor dela decorrentes. Seu talo contém lactucina, que possui efeito calmante. Além disso, a folha é rica em lítio e fosfatos,elementos que agem junto a neurotransmissores capazes de controlar a ansiedade, a depressão e a confusão mental.


Omelete a favor da memória

A gema tem colina, um nutriente relacionado à formação de novos neurônios e ao reparo de células cerebrais,resultando na fixação de lembranças e ideias.


Mais foco com aveia
Para quem precisa focar em alguma atividade, a aveia, rica em fibras, reduz o tempo de esvaziamento gástrico. Isso contribui para que a glicose consumida fique mais tempo na corrente sanguínea, garantindo energia a océrebro e mais concentração.


Guaraná ativa o raciocínio
Quando o desafio é a resolução de problemas de lógica ou processos que exijam criatividade, bebidas à base de cafeína são aliadas.Poderosos estimulantes do sistema nervoso central (SNC),as bebidas à base de guaraná podem ser combinadas com açaí que possui ômega 3 e que também ajuda no processo.Quem tem arritmia e ansiedade deve limitar seu consumo.


Peixe contra a demência
O Alzheimer é tido como a principal causa de demência senil. Ele afeta a memória, a linguagem e a percepção. O ômega 3, gordura que combate os radicais livres que acabam com os neurônios, reduz o risco da doença. Mas desde que provenha de um pescado não criado em cativeiro. Intercale o consumo com vegetais verdes, roxos e amarelos – ricos em antioxidantes – que evitam a contaminação com materiais pesados que podem estar presentes no salmão.

 

 

*Texto Diego Benine, com edição de Cristina Almeida | Fonte Carlos Basualdo do Hospital Sírio Libanês | Mariana Exel, nutricionista; Mariana Del Bosco, nutricionista do Departamento de Nutrição da Associação Brasileira para o estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica ( ABESO) | Edição web Ana Carolina Gabriel | Foto Shutterstock 




COMENTE!