assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

6 dicas para preparar o peixe para o almoço de Páscoa

Publicado em 13 de Apr de 2017 por Kelly Miyazato | Comente!

Ainda não sabe como vai preparar o peixe para o almoço de Páscoa? Listamos 6 dicas que prometem te ajudar a decidir já. Confira!



 

Veja 6 dicas para preparar peixes

Frito: quando o peixe é frito, ele perde a maioria das propriedades nutricionais, porque é levado a altas temperaturas e se utiliza óleo.

Assado: filés ou postas podem ser assados em forno pre-aquecido (150°C) e não há necessidade de virá-los durante o cozimento. Para que não ressequem, pincele-os de vez em quando com manteiga ou um molho de seu gosto.

Cozido: deve ser cozido rapidamente, só o necessário para coagular as proteínas e realçar o sabor. Ele estará pronto logo que a carne tenha ficado opaca e branca. Para testar o ponto, enfie os dentes de um garfo na parte mais grossa do peixe: a carne deverá partir facilmente.

Grelhado: o melhor é usar postas, filés ou peixes inteiros. Os pedaços finos têm tendência a ressecar rapidamente, enquanto os maiores podem dourar por fora antes de estarem cozidos por dentro.

No vapor: para esse tipo de cozimento, utilize a panela própria para banho-maria. Coloque água na panela em uma altura de uns 2,5 cm e deixe levantar fervura. Arrume o peixe em um prato untado e coloque-o sobre o suporte de metal ou dentro da panela para banho-maria; tampe e deixe cozinhar até ficar no ponto desejado. Os filés e as postas levam de 10 a 15 minutos e os peixes maiores alguns minutos a mais.

Na panela de pressão: as sardinhas possuem grande quantidade cálcio e, cozidas dessa forma, é possível consumir também as espinhas, cartilagem que concentra muito cálcio.

 

*Por Marcela Carlini | Foto Marcelo Resende e Shutterstock (Coleção VivaSaúde Especial Aposte na Dieta e Salve os Rins) | Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Revista VivaSaúde | Ed. 84

Assine já e garanta 6 meses grátis de outro título

 

 

 

 



COMENTE!