assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Esteatose hepática: descubra porque é importante se livrar da gordura no fígado

Publicado em 14 de Nov de 2017 por Kelly Miyazato | Comente!

Você sabia? O quadro quase sempre é assintomático de esteatose hepática, se não controlado, pode evoluir para cirrose e até câncer. Por isso, é importante se livrar da gordura no fígado o mais rápido possível. Fique atento!



 

Esteatose hepática: descubra porque
é importante se livrar da
gordura no fígado

Cada vez mais gente tem recebido o diagnóstico de esteatose hepática, o acúmulo excessivo de gordura nas células do fígado que, se não controlada, pode evoluir para cirrose e até câncer. A doença é classificada em dois grandes grupos: o primeiro tem como origem o uso crônico e excessivo de álcool. Já o segundo, referido pelos médicos como doença hepática gordurosa não alcoólica, cresce na mesma proporção em que a epidemia de obesidade e diabetes tipo 2 aumenta no mundo.

A principal, se não única, medida para reverter essa condição, que afeta mais de 20% da população, é fazer modificações no estilo de vida para vencer a gordura visceral – isso mesmo, aquele tecido adiposo que se acumula na barriga em alguns indivíduos é o mesmo que invade o fígado e coloca o organismo inteiro, até o coração e o cérebro, em risco. Como a ultrassonografia tornou-se um exame comum na rotina das pessoas, hoje felizmente é possível identificar a presença de gordura no fígado antes de o problema comprometer todo o órgão.

“O quadro quase sempre é assintomático, apenas 20% ou 30% dos pacientes podem sentir um desconforto do lado direito do abdome ou reclamar quando o médico faz a palpação do fígado durante uma consulta”, relata o médico Edmundo Lopes, presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH).

 

*Na edição da Revista VivaSaúde, te mostramos como adotar um novo estilo de vida com hábitos saudáveis para se livrar da esteatose hepática. Saiba como adquirir já o seu exemplar! → http://bit.ly/2hseSX2.

 

*Por Tatiana Pronin | Foto Shutterstock | Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Revista VivaSaúde | Ed. 174

Assine já e garanta 6 meses grátis de outro título

 

 

 

 

 

 

 

 



COMENTE!