assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Câncer colorretal: saiba mais sobre como a importância do diagnóstico precoce

Publicado em 13 de Mar de 2017 por Kelly Miyazato | Comente!

Você sabia? O câncer colorretal, considerado o segundo tipo mais incidente em mulheres no Brasil e o terceiro entre os homens, se diagnosticado de maneira precoce, pode ser tratado de forma mais simples. Veja mais detalhes!



 

Câncer colorretal: saiba mais sobre como a importância do diagnóstico precoce

Para celebrar o mês de conscientização do câncer colorretal, também conhecido como câncer do intestino grosso ou câncer de cólon e de reto, consultamos Renata D’Alpino, oncologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. “Se descoberto cedo, esse tipo de câncer pode ser tratado de forma mais simples, mas, por desinformação, e por se tratar de um assunto tabu ou, devido ao constrangimento de falar sobre diarreia e movimentos intestinais anormais, muitos pacientes só procuram o médico quando a doença já está em estágio avançado”, explica.

Renata afirma: “O exame de sangue oculto nas fezes é capaz de identificar traços de sangue não vistos a olho nu, além da colonoscopia, exame que facilita o diagnóstico da doença por proporcionar a visualização de toda a parte interna do intestino grosso. Contudo, após a análise do especialista, na qual deve ser avaliada e relacionada aos pacientes com sinais e sintomas que indiquem o câncer colorretal ou, os casos pertencentes aos grupos de maior risco, como por exemplo, a partir dos 50 anos de idade, assim como os indivíduos histórico deste câncer em familiares de primeiro grau”.

 

*Por Kelly Miyazzato | Infográfico Coleção VivaSaúde Especial – Prevenção e tratamento do câncer | Agradecimentos à Renata D’Alpino, oncologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



COMENTE!