assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Temperos que substituem o sal

Publicado em 16 de Apr de 2015 por Clara Ribeiro | Comente!

Para quem precisa reduzir a quantidade de sal que acrescenta às refeições, a solução é recorrer aos temperos naturais. A nutricionista Mirian Martinez aconselha: “mantenha temperos caseiros para o preparo das refeições como uma pasta de alho, cebola, cenoura, salsa, cebolinha e alho-poró. Ao temperar a salada, use iogurte e hortelã com um pouco de azeite, ou limão com gengibre”. Além de promoverem benefícios à saúde, eles conseguem acentuar o sabor das refeições. Veja lista e mude seus hábitos!


  • ALHO
    3 colheres (sopa)

    É usado em refogados, mas pode ser útil na forma de óleo: leve ao fogo 8 colheres (sopa) de azeite, 2 dentes de alho picados. Desligar ao sentir o aroma da mistura. Após esfriar, coloque em um pote. Ele proporciona um leve ardido aos preparos, possui efeito diurético e remove mucos e pigarros.

  • LIMÃO
    1 unidade

    O caldo é um bom tempero para saladas, frangos e peixes. Combate infecções, gripes e resfriados e auxilia na perda de peso. O suco com 2 unidades, 1 fatia de abacaxi, 1 folha de couve e 150 ml de água batidos, auxilia na redução das medidas.

  • SALSA
    4 colheres (sopa)

    Na hora de preparar patês, misture um maço do ingrediente com água, finalize com azeite e passe em pães ou torradas. Ainda pode ser servido como molho para vegetais folhosos ou arroz. Diminui a retenção hídrica e melhora o aspecto da celulite.

  • MANJERICÃO
    2 colheres (sopa)

    Ressalta o gosto de carnes, peixes e molhos de tomate. O aroma é característico, e a erva pode ser usada na finalização de pratos ou ao prepará-los para ir ao forno. Garante pele jovem e intestino mais saudável.

  • TOMILHO
    2 (colheres) de chá

    A erva serve de tempero, especialmente, para alimentos crus. Abuse ao incrementar o sabor de verduras e legumes. Além disso, atua como antisséptico, antioxidante e também na prevenção de alguns problemas respiratórios.

  • ORÉGANO
    2 colheres (sopa)

    Pode ser usado para preparar uma variedade de pães, vegetais marinados, carne assada, bem como peixes. Age como estimulante, alivia dores, ajuda na digestão e auxilia na expectoração.

  • CEBOLA
    3 ou 4 colheres (sopa)

    Em saladas, caldos, sopas ou para refogar. O item que está sempre na cozinha acompanha várias refeições. No estado in natura, é aconselhável moderação, pois pode agredir o estômago. Também ajuda a limpar secreções respiratórias, é anti-inflamatória e melhora as dores nas articulações.

Texto: Jhennifer Moises / Fotos: Shutterstock / Adaptação: Clara Ribeiro

Revista VivaSaúde - Edição 137



COMENTE!