assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Brócolis para prevenir câncer de boca

Publicado em 24 de Nov de 2014 por Clara Ribeiro | Comente!

Esse vegetal é rico em antioxidantes, que protegem as células contra as agressões que resultam em câncer e aceleram o envelhecimento



Texto: Karina Fusco / Foto: Fabrizio Pepe / Adaptação: Clara Ribeiro

 O brócolis também contém fibras, que favorecem o funcionamento do intestino

Foto: Shutterstock

O vegetal crucífero da mesma família da couve-flor, do repolho, da couve e da couve-de-bruxelas, não pode faltar à mesa se o objetivo é prevenir doenças como o câncer. Segundo a nutricionista Solange Carniel, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, ele é rico em isotiocianatos. “São substâncias que regulam um complexo sistema enzimático que protegem as células no nosso corpo contra o câncer de estômago, boca, faringe e laringe e esôfago”, esclarece.

Outro importante atributo é que ele tem glicosinolatos, nutrientes que estimulam a eliminação de toxinas e agentes mutagênicos do organismo, que são capazes de estimular a transformação das células e causar tumores.

A nutricionista Aline Castaldi, reforça que as propriedades nutritivas deste alimento também podem bloquear o crescimento de células de melanoma. “Há evidências científicas de que todos os legumes da família do brócolis são ricos em substâncias que estimulam a produção de enzimas que combatem a formação do câncer. Essas enzimas neutralizam elementos que causam a doença antes que as mesmas possam danificar o DNA de células saudáveis”, diz.

Outra substância chamada de sulforafano, presente nos brócolis e também em outras crucíferas, é um potente combatente ao câncer, sobretudo o de próstata. Um estudo de 2011 realizado no Instituto Linus Pauling (EUA) comprovou que o sulforafano é capaz de destruir apenas as células cancerígenas, sem afetar as células saudáveis do órgão afetado, algo que a quimioterapia não consegue.

Modo de usar: preferencialmente cozido no vapor para preservar seus nutrientes, ele deve compor as refeições pelo menos de três a quatro vezes por semana. Para aproveitar ainda mais os benefícios, os brócolis podem ser intercalados com alimentos da mesma família, como a couve, consumindo cerca de uma xícara (chá) ao dia.

Um reforço na alimentação dos idosos

Rico em ferro, ácido fólico, vitaminas A e C, os brócolis também são uma importante fonte de cálcio. Como lembra a nutricionista Ana Carolina Cantelli, o cálcio é um nutriente essencial para os idosos, inclusive os que estão em tratamento contra um câncer. Além de vegetais de coloração verde-escura, como os brócolis e a couve, outras fontes do nutriente recomendadas por ela são peixes, como salmão e sardinha, leite e derivados, leguminosas como feijão, grão-de-bico, lentilha e ervilha, e também o gergelim.

Valor nutricional
Cada 100 g de brócolis cozido fornecem:

Calorias 25 kcal
Carboidratos 4,4 g
Proteínas 2,1 g
Fibras 3,4 g
Potássio 162 mg
Magnésio 119 mg
Cálcio 51 mg
Fósforo 33 mg

Coleção VivaSaúde Especial - Câncer



COMENTE!