Super Banner

Berinjela para diminuir o colesterol

Publicado em 03 de Aug de 2013 por Leticia Maciel | Comente!

Indicado para quem quer baixar níveis de colesterol, a berinjela tem outras propriedades menos conhecidas, mas também importantes. Confira



Texto: Gustavo Xavier/ Foto: Shutterstock/ Adaptação: Letícia Maciel

Para não perder os nutrientes da berinjela, prepare esse alimento em temperaturas moderadas
Foto: Shutterstock

Colesterol na mira

Em razão do alto teor de fibras solúveis, a berinjela é uma das armas para combater o colesterol. Isso porque tais fibras aderem aos sais biliares no intestino, sequestram-nos e os levam para fora do organismo por meio das fezes. Assim, o fígado é induzido a queimar colesterol para produzir mais bile, o que reduz sua quantidade no plasma sanguíneo.

Calor que queima nutrientes

Geralmente, a berinjela é preparada assada, frita ou grelhada. À milanesa, picada e com molho picante, recheada, em suco, em omeletes, enfim, a lista é grande e mostra o quanto sua versatilidade na cozinha pode ser deliciosa. Mas é bom ressaltar que seu cozimento pode causar algumas perdas importantes, dependendo do tempo, da maneira como é preparada e do calor envolvido. Para não desperdiçar as propriedades nutritivas da berinjela, é aconselhável prepará-la em temperaturas moderadas e com pouca quantidade de água.

Efeitos na saúde

Conforme enumera a nutricionista Maria Gandini, da RG Nutri, a berinjela é um vegetal com alto teor de água, baixo teor de proteínas, é rica em fibras, sais minerais (cálcio, fósforo, potássio e magnésio) e vitaminas (A, B1, B2, niacina e vitamina C), saponinas, compostos fenólicos, flavonóides e glicoalcalóides. Sua combinação de elementos nutricionais tem a capacidade de:

  • Diminuir o colesterol plasmático;
  • Produzir efeito hipoglicêmico (recomendável para quem tem diabetes);
  • Combater à aterosclerose;
  •  Ação vasodilatadora e efeito diurético (ideal para quem sofre de hipertensão).

 

Revista VivaSaúde Edição 63

 



COMENTE!