assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Higiene bucal do bebê de acordo com a idade

Publicado em 23 de Oct de 2015 por Marília Alencar | Comente!

Os cuidados para uma dentição saudável começam antes mesmo do aparecimento dos primeiros dentes da criança



Texto Natasha Franco / Foto: Shutetrstock 

Criança

(Foto: Shutterstock)

A higiene bucal é fundamental para a saúde de qualquer pessoa, não é mesmo? Afinal de contas, a boca é a porta de entrada de muitas bactérias! Por isso, os hábitos de escovação devem ser estimulados desde cedo, na primeira infância.“O bebê que não recebe uma higiene bucal adequada está sujeito ao aparecimento de lesões de cáries dentárias e gengivite, que consiste na inflamação da gengiva próxima aos dentes”, explica a odontopediatra Fabíola Lanfredi, especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares e em Ortodontia.

Na verdade, a criança não precisa da limpeza bucal nos primeiros meses de vida, quando está no aleitamento exclusivo. “Até o surgimento dos primeiros dentes, a higiene bucal do bebê ainda não é fundamental, pois o movimento da própria língua e a sua saliva ajudam a eliminar os alimentos, no caso, o leite materno”, considera o pediatra Cid Pinheiro, do Hospital São Luiz (SP). Nessa fase, a higienização só é importante para a criança começar a cultivar o hábito.

Primeiros dentes

Mais tarde, quando os primeiros dentinhos começam a despontar, no entanto, a situação muda de figura. “A partir dessa fase é que se deve dedicar maior cuidado na limpeza dental”, contextualiza o pediatra Sylvio Renan Monteiro de Barros (SP). Porém existe uma forma correta de fazer o cuidado nessa época também. A escova de dente só aparecerá mais para a frente nessa história toda. Parece confuso, não é mesmo? Mas não se preocupe: os especialistas ajudam a simplificar isso tudo! Confira o passo a passo da higiene bucal do bebê em cada fase da primeira infância:

  • 0 a 6 meses

“Antes do nascimento dos dentes, se não for feita a higienização adequada, não existe consequência, uma vez que, para que exista o biofilme dentário ou placa bacteriana, é necessária a presença de dentes”, ensina a odontopediatra Fabíola. Porém, começar uma limpeza nessa fase ajuda a criar o hábito. Quando a higiene é realmente necessária, a criança não chorará ou impedirá que os pais cuidem dela.

  • Como fazer a limpeza

Ela deve ser feita com uma gaze, ou um tecido, como uma fralda, enrolada na ponta do dedo indicador de um adulto responsável e bem instruído.“O tecido deve ser passado causando uma estimulação suave pelo céu da boca, gengivas, bochechas e língua. A criança deve estar posicionada confortavelmente e bem amparada, com boas condições para os pais executarem a limpeza”, explica a odontopediatra.

  • Frequência

Uma vez por dia, para a criança se acostumar mesmo. Quando iniciar a diversificação da dieta, a higiene pode ser aumentada para duas vezes ao dia. Nessa fase, é preciso que os pais tomem cuidados também com traumas na região da boca. Apesar de os dentes não terem aparecido, eles já estão em formação, e uma batida pode prejudicar seu posicionamento.

  • 6 a 18 meses

Em geral, os dentes de leite começam a nascer aos 6 meses de idade. Os primeiros são os incisivos centrais inferiores, seguidos pelos superiores e depois os caninos, até os doze meses. Com os dentes despontando, toda a forma de limpeza muda de figura!

  • Como fazer a limpeza

“Pode ser feita com uma dedeira (espécie de luva para apenas um dedo). Para isso, molhe a dedeira em um copo com água filtrada e passe por toda a boca do bebê”, ensina o pediatra Pinheiro. A vantagem da dedeira é que ela é mais macia e evita lesões. Seu tamanho menor também ajuda na adaptação do bebê ao hábito. A dedeira pode ser usada com a pasta de dente.

  • Frequência

Nessa época começa a introdução das primeiras papas salgadas e doces, com o aleitamento materno, que não precisa ser abandonado de vez. Em geral, o ideal é fazer essa limpeza após as refeições com papinhas, para garantir que não se acumulem resíduos.

  • 18 meses em diante

Aos 18 meses mais ou menos, ocorre outro marco na saúde bucal das crianças: o nascimento dos molares. Eles são dentes diferentes dos demais, pois são mais largos e têm sulcos em sua coroa, o que torna a limpeza mais cuidadosa.

  • Como fazer a limpeza

O ideal é deixar a dedeira de lado e começar a usar a escova de dente. “Assim, as finas cerdas da escova podem fazer a correta limpeza dos sulcos profundos que esses dentes apresentam na sua superfície”, relaciona a odontopediatra Fabíola. “Ela deve ter dimensões apropriadas à boca da criança e cerdas bem macias”, descreve o pediatra Barros.

  • Frequência

A partir de agora, a regra de escovar os dentes de manhã, após o almoço e antes de dormir começa a valer.

Revista VivaSaúde/ Edição 142



COMENTE!