Super Banner

Saiba o que fazer na consulta com o ginecologista

Publicado em 03 de Jan de 2014 por Leticia Maciel | Comente!

Se você tem cólicas intensas ou é a sua primeira consulta com o ginecologista, saiba quais são as perguntas mais comuns e fique atento ao seus sintomas para informar o seu médico confidente



Texto: Nathalie Ayre/ Foto: Danilo Tanaka/ Adaptação: Letícia Maciel

O nervosismo na primeira consulta porde atrapalhar o diálogo da adolescente com o médico.
Fique antenta aos sintomas e anote todas as suas dúvidas
Foto: Reprodução.

Além do nervosismo na hora da primeira consulta com o ginecologista, existem também as dúvidas mais frequentes relacionadas com o ciclo mentrual e a tpm. Para Paula Zulian Fagundes, ginecologista da Clínica Medicina da Mulher (SP), “a primeira consulta deve ser realizada quando houver algum tipo de dúvida que o especialista possa esclarecer, ou quando começarem as menstruações”. Veja as as dúvidas e sintomas que você deve observar e contar ao seu médico na hora da consulta que a Revista VivaSaúde reuniu juntamente com a especialista.

Sintomas: Normais ou preocupantes?

Como saber quais características são comuns e o que pode representar um problema de saúde.

Menstruação irregular: até dois anos após a menarca (primeira menstruação), é normal que o fluxo atrase até quatro meses. Mas, se persistir, é preciso investigar as causas.

Fluxo intenso: nesse período irregular, os sangramentos abundantes são comuns, mas, quando ela se regulariza, o ideal é que o fluxo venha igual todos os meses.

Cólicas intensas: elas são um sinal de que a ovulação está ocorrendo bem. Mas, se estão atrapalhando a vida da menina (ou mulher),devem ser medicadas e investigadas.

Corrimento: toda secreção vaginal recebe esse nome, e podem ser normais do corpo. Fique atenta aos sinais vermelhos do fluido:  odor forte, coceira e manchas na calcinha.

Menarca atrasada: o atraso da menstruação é tolerada até os 14 anos de idade. Cabe então ao médico observar o desenvolvimento das mamas e dos pelos pubianos, e verificar se tudo está normal.

Virgens podem usar absorventes internos?

SIM! Jovens nessa condição devem preferir os mínis, que ficam antes do hímen. Existem também algumas marcas próprias para essas situações.

Esquecer a pílula um dia aumenta o risco de engravidar?

SIM! A pílula deve ser tomada sempre no mesmo horário todos os dias. Se você muda o horário, já compromete a proteção. Em caso de esquecimento, há mais riscos ainda de engravidar, mesmo que se tomem duas pílulas no dia seguinte.

Faz mal emendar duas cartelas de pílulas para evitar a menstruação?

NÃO! Alguns especialistas até recomendam o método, como prevenção da endometriose. Mas consultar um médico é sempre necessário, pois pode ser que eventualmente ocorram escapes, ou seja, pequenas menstruações de coloração marrom.

Sexo durante a menstruação causa problemas à mulher?

NÃO! Pode ser desconfortável para o casal, ou até considerado anti-higiênico, mas não causa nenhum mal comprovado pelos ginecologistas.

Mãe na consulta: ajuda ou atrapalhar?

DEPENDE! A presença da mãe pode ser importante no início. “Eu percebo que a filha recorre a ela quando são feitas algumas perguntas, como a última menstruação, ou alguma doença de família”, observa a especialista. Mas a figura materna pode constranger quando há dúvidas sobre sexualidade. O conselho médico é que as mães combinem com o ginecologista o momento certo para deixar suas filhas sozinhas.



COMENTE!