Super Banner

O que fazer com remédios vencidos

Publicado em 12 de Nov de 2013 por Leticia Maciel | Comente!

Remédios vencidos jogados no lixo comum, podem causar problemas ambientes e riscos à saúde de outras pessoas. Veja o que fazer com esses medicamentos



Texto: Leonardo Valle e Letícia Maciel/ Foto: Shutterstock

Medicamentos vencidos descartados de forma
incorreta podem prejudicar o meio ambiente e a
saúde de outras pessoas.
Foto: Shutterstock

Alguns cuidados devem ser tomados com remédios vencidos, mas nem sempre os consumidores sabem o que fazer. Medicamentos não devem ser descartados no lixo ou na rede de esgoto, pois contêm substâncias químicas resistentes que podem contaminar o solo e a água. O problema é tão sério que, cada vez mais, são encontradas altas concentrações de substâncias de fármacos no meio ambiente e nas estações de tratamento de esgoto. “No futuro, podem ser necessários tratamentos que complementem a remoção adequada dos resíduos de medicamentos”, alerta Sergio Belleza, gerente da divisão de Tratamento de Águas da Argal Química. Para evitar que a contaminação ganhe proporções maiores, entregue remédios vencidos nos postos de descarte para que sejam encaminhados para a incineração. Em todo o Brasil, algumas redes de farmácias, postos de saúde e supermercados já oferecem pontos de coleta específicos para medicamentos. Vale ficar atento e pesquisar.

Nunca se deve reutilizar os comprimidos e suas embalagens. Veja o que fazer com cada tipo de medicamento:

Comprimidos: não é necessário quebrar o comprimido. Jogando em um vaso sanitário, a dissolução dos componentes não prejudicam o meio ambiente.

Embalagens de vidro e ampolas: o medicamento que sobra na embalagem deve ser despejado e a embalagem deve ser lavada com água fervente e entregue em postos de descarte

Embalagens de cremes, pomadas e loções: devem ser limpos com água e sabão para retirar resíduos. Embalagens de plástico podem ser jogadas no lixo reciclável comum

Bisnagas de alumínio: devem ser abertas e lavadas com detergente, podem ser jogadas no lixo reciclável comum.

Remédios fracionados

Para combater o desperdício de remédios e o descarte irregular, remédios fracionados são vendidos nas farmácias de acordo com a quantidade prescrita pelo médico para o paciente. Dessa forma, é possível evitar que pessoas reutilizem as embalagens e comprimidos vencidos jogados no lixo de forma incorreta. 

 

Revista VivaSaúde Edição 100



COMENTE!