assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

O que causa a conjuntivite?

Publicado em 30 de Apr de 2013 por Ana Paula Ferreira | Comente!

A inflamação nos olhos pode ser causada por diferentes motivos. Entenda tudo sobre a conjuntivite



Texto: Marcela Carlini / Foto: Shutterstock / Adaptação: Ana Paula Ferreira

Caso a conjuntivite seja do tipo não contagiosa, o médico deve receitar anti-inflamatórios. Já no

caso da alérgica, deve-se usar anti-inflamatórios e lubrificantes. Foto: Shutterstock

A inflamação dos olhos pode ser causada por diferentes agentes e precisa de tratamento adequado para não deixar sequelas. Entenda tudo sobre a conjuntivite:

O que é?

A conjuntivite é causada por uma infecção da membrana fi na e vascularizada que recobre grande parte do globo ocular. Pode durar de poucos dias a duas semanas e ser resultado de um trauma, ocasionado por algum corpo estranho, de substâncias que desencadeiam alergia, de vírus ou de bactéria. A maioria das conjuntivites é autolimitada, ou seja, não deixa sequelas, porém, se não tratada, pode comprometer a função visual.

Sinais e sintomas

Os sinais e sintomas dependem do tipo de conjuntivite. A não contagiosa pode ocorrer após ferimento nos olhos e causam ardência, vermelhidão, lacrimejamento, coceira, fotofobia e sensação de corpo estranho no globo ocular. Já a alérgica, além de ardência, vermelhidão e lacrimejamento, desencadeia inchaço da pálpebra e da conjuntiva (membrana). A contagiosa, causada por vírus e bactérias, geram todos esses sintomas e ainda apresentam corrimento mucoide (mais frequente na viral) ou purulento (comum na bacteriana).

 

Diagnóstico

O diagnóstico deve ser feito pelo oftalmologista, que avaliará a história clínica, os sintomas e realizará a biomicroscopia (avaliação feita com lâmpada de fenda). Geralmente o exame feito no consultório é suficiente para detectar a doença, mas, às vezes, é necessário coletar material ocular para estudo laboratorial.

Tratamento

Caso seja não contagiosa, o médico deve receitar anti-inflamatórios. No caso da conjuntivite alérgica, deve-se afastar a causa e usar anti-inflamatórios e lubrificantes. Quando contagiosa, seja viral ou bacteriana, são prescritos anti-inflamatórios e antibióticos, além de higienização ocular com compressas de água fria.

Formas de evitar o contágio

No caso da conjuntivite contagiosa recomenda-se lavar bem as mãos, não usar objetos comuns (travesseiros, toalhas, maquiagens, esponjas), não frequentar locais muito aglomerados (piscinas, ônibus), não coçar os olhos e não usar lentes de contato. Já para evitar a conjuntivite não contagiosa e alérgica, o ideal é usar óculos protetores para não correr o risco de machucar os olhos com objetos ou substâncias que desencadeiam a doença.

 



COMENTE!