assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Mitos e verdades sobre pressão arterial

Publicado em 12 de Nov de 2014 por Marília Alencar | Comente!

Responda rápido: quais são as taxas ideais de pressão sanguínea? Se você ficou na dúvida, saiba que não é o único. Para prevenir os problemas decorrentes dessa medição, é preciso monitorar de perto os altos e baixos. Conheça os mitos e verdades sobre a pressão arterial


  • Hipertensos não podem fazer atividade física: (MITO) “O exercício é parte importante do tratamento da pressão alta”, afirma Christiano Roberto Barros.“Um hipertenso deve fazer atividades físicas. Mas precisa passar por uma avaliação médica antes. No momento do início da atividade, a pressão precisa estar controlada”, recomenda Silvio Reggi.

  • Quem tem histórico familiar de hipertensão está fadado a sofrer com o problema na idade adulta: (MITO) “O fator genético faz com que o indivíduo tenha mais chances de desenvolver o problema. Mas o estilo de vida também influencia muito. Se a pessoa faz atividade física regular, controla o peso, segue uma dieta adequada, não fuma, não bebe, dorme bem e controla o estresse, ainda que tenha nascido numa família de hipertensos, pode não desenvolver a doença”, explica o cardiologista Celso Amodeo.

  • Colocar sal embaixo da língua é a melhor maneira de evitar o mal-estar causado por uma queda súbita de pressão: (MITO) “O sal realmente aumenta a pressão, mas o organismo pode levar até dois dias para responder a essa ingestão. Precisará haver primeiro a retenção de líquido para que se tenha, na sequência, um aumento da pressão. Então, o efeito não é, de forma nenhuma, imediato. Melhor que isso é beber água e deitar-se no chão, mantendo as pernas levantadas acima da cabeça”, diz Décio Mion.

  • O calor faz a pressão cair: (VERDADE) “A elevação na temperatura pode provocar uma vasodilatação e, com isso, a pressão cai. Em geral, no verão, a pressão é mais baixa do que no inverno”, diz onefrologista Décio Mion. A dor de cabeça é um dos principais sintomas da pressão alta.“Ela pode ser sintoma da pressão alta tanto quanto a pressão alta pode ser uma consequência da dor, já que qualquer desconforto provoca impacto sobre a pressão. Na maioria das vezes, no entanto, a dor de cabeça tem outras causas, que não estão diretamente relacionadas com a pressão arterial”, afirma Celso Amodeo.

  • A dor de cabeça é um dos principais sintomas da pressão alta: (VERDADE) “Ela pode ser sintoma da pressão alta tanto quanto a pressão alta pode ser uma consequência da dor, já que qualquer desconforto provoca impacto sobre a pressão. Na maioria das vezes, no entanto, a dor de cabeça tem outras causas, que não estão diretamente relacionadas com a pressão arterial”, afirma Celso Amodeo.

  • Anti-hipertensivos podem prejudicar o desempenho sexual: (VERDADE) "Os prejuízos para o desempenho sexual, assim como a tosse, o chiado no peito, a insuficiência renal, as cãibras e os inchaços nos membros inferiores podem aparecer em decorrência do uso de medicamentos para controlar a pressão. Mas os efeitos colaterais variam de um remédio para o outro, pois há vários tipos de drogas que podem ser utilizadas no tratamento. “Ainda assim, a maioria dos sintomas desagradáveis perdura só pelo tempo necessário para que o organismo se adapte ao remédio”, afirma Christiano Roberto Barros.

Texto Rita Trevisan/ Foto: Shutterstock/ Adaptação: Marília Alencar

Revista VivaSaúde/ Edição 75

 



COMENTE!