Super Banner

Como cuidar de uma criança com diarreia

Publicado em 22 de Aug de 2013 por Ana Paula Ferreira | Comente!

Cinco episódios a cada ano é a média de ocorrências da diarreia em crianças de tenra idade. Os dados são preocupantes, pois este problema pode matar por desidratação e, quando a criança é pequena, esse risco é maior. Por isso, confira como cuidar de uma criança com diarreia



Texto: Cristina Almeida / Foto: Shutterstock / Adaptação: Ana Paula Ferreira

Aumente uma refeição ao dia até que a diarreia cesse. Essa providência ajuda no

restabelecimento físico da criança. Foto: Shutterstock

Cinco episódios a cada ano é a média de ocorrências da diarreia em crianças de tenra idade. Nos adultos, esse número cai para dois no mesmo período. Na opinião da pediatra Fátima Rodrigues Fernandes, do Hospital Infantil Sabará, em SP, esses dados, somados às mutações detectadas, são preocupantes, pois a diarreia pode matar por desidratação e, quando a criança é pequena, esse risco é maior. “Elas são mais suscetíveis porque sua composição corpórea de água é maior do que nos adultos e crianças maiores. Além disso, seu sistema imunológico é imaturo. Uma coisa é um adulto ter o problema; outra, é um pequeno perder muitos sais minerais”, explica. “E a faixa etária mais crítica é até 1 ano de idade, principalmente se o bebê não foi amamentado com leite materno”, acrescenta a professora Marina Baquerizo Martinez, do departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP).

Veja abaixo como você deve cuidar de uma criança com diarreia:

  • Aumente uma refeição ao dia até que a diarreia cesse. Essa providência ajuda no restabelecimento físico da criança.
  • A diarreia aguda geralmente é autolimitada, isto é, evolui para a cura de forma espontânea, entre 6 a 8 dias após o início dos sintomas. E o tratamento básico é manter a criança hidratada.
  • Já no primeiro episódio da diarreia, introduza a solução oral própria oferecida pelos postos de saúde, ou faça um soro caseiro (1 colher das de chá de sal e 8 colheres de açúcar dissolvidas em 1 litro de água). Ele deve ser oferecido à criança gradativamente
  • Continue a alimentação durante a diarreia. Prefira alimentos macios, de fácil digestão: iogurte e cereais são bem absorvidos. Pequenas porções podem ser administradas. Alimentos ricos em potássio (lentilhas, bananas, manga, abacaxi e frutas cítricas em geral) são importantes para o restabelecimento das reservas perdidas durante a diarreia. Evite alimentos ricos em fibras ou apimentados.
  • Aumente a oferta de líquidos — limonadas, água de coco, etc. O leite materno é um excelente fluido é deve ser oferecido à criança junto ao soro caseiro.

Revista VivaSaúde edição 84

 



COMENTE!