assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Cigarro: saiba como o tabagismo pode causar dores nas costas

Publicado em 10 de Aug de 2016 por Kelly Miyazato | Comente!

Você sabia que o tabagismo é um mal que atinge por volta de 32 milhões de brasileiros e pode causar dores nas costas? Fique por dentro dos malefícios ocasionados pelo cigarro



 

Cigarro: saiba como o tabagismo pode causar dores nas costas

Um dos maiores vilões da saúde, afinal, esse é o legado oferecido pelo cigarro, um mal que atinge por volta de 32 milhões de brasileiros, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer – INCA, é também considerado um dos responsáveis por aumentar o risco de dores nas costas e doenças do disco intervertebral, como explica Helder Montenegro, fisioterapeuta e diretor do Instituto do Tratamento da Coluna Vertebral.

“A fumaça reduz a circulação sanguínea nos platôs (amortecedores naturais) do disco intervertebral e ocasiona as complicações na região lombar, com o ressecamento e o desgaste dos discos, devido à diminuição por conta da dificuldade da chegada de nutrientes na região. Fator esse, que ocorre de maneira progressiva e pode ocasionar o surgimento de uma hérnia de disco, um processo no qual o disco intervertebral sofre uma ruptura no anel fibroso e em seguida a saída do núcleo pulposo. Portanto, as raízes cervicais são incumbidas pela inervação de membros superiores e, por estarem comprimidas, a dor, assim como a redução da força e atrofia muscular acontecem de forma gradativa”, acrescenta.

Montenegro comenta que o corpo passa por um desgaste natural a partir dos 35 anos, mas o tabagismo acelera o processo. “Vale lembrar que, além disso, a nicotina e outras substâncias encontradas no cigarro diminuem o diâmetro dos pequenos vasos, inibem o aporte de oxigênio e nutrientes que as células recebem através do sangue, o que altera o funcionamento ideal de ossos e músculos”, afirma.

“Para prevenir a dor nas costas, controle o tabagismo, o peso e pratique atividade física regularmente, sem esquecer de se manter atento à postura. Assim, com os cuidados que incluem uma alimentação equilibrada e estilo de vida saudável, a probabilidade de vir a ter dor nas costas cai significativamente”, conclui.

 

*Por Kelly Miyazzato | Foto Shutterstock | Agradecimentos ao Helder Montenegro, fisioterapeuta e diretor do Instituto do Tratamento da Coluna Vertebral.

 

 

 

 

 

 

 

 

 



COMENTE!