assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

As várias fases da TPM

Publicado em 20 de Jul de 2015 por Marília Alencar | Comente!

Conhecer as mudanças do corpo feminino faz entender os altos e baixos mensais. Saiba quais são as fases da TPM


  • FASE 1: Mau humor e dores 

    Menstruação: o primeiro dia do ciclo é quando a menstruação acontece. Estrógeno e a progesterona estão em baixa. “Como houve maior atuação da progesterona na segunda fase do ciclo, as pacientes apresentam certo desânimo. Algumas pacientes possuem sintomas extremamente desconfortáveis na menstruação, como cólicas e dor de cabeça, podendo piorar o humor”, explica o ginecologista Isaac Yadid, especialista em reprodução humana e membro da Federação Brasileirade Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). É comum que nessa fase as mulheres apresentem a chamada enxaqueca cateminal, que começa dois dias antes da menstruação e pode durar o período todo. “A redução da serotonina, consequência da diminuição dos níveis de estrógeno, causa o aumento no organismo de uma substância chamada ‘substância P’ que atua como vasodilatadora. É essa vasodilatação a causa da enxaqueca”, diz a médica Andressa.

  • FASE 2: Está tudo bem

    Fase Folicular: “logo após a menstruação, a mulher está na fase em que estão sendo secretados os estrogênios”, comenta a endocrinologista Amanda Athayde, diretora do Departamento de Endocrinologia Feminina e Andrologia da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Nessa fase há uma seleção dos folículos para que os óvulos possam ser secretados pelos ovários mais adiante no ciclo. Por ser uma fase regida pelos estrógenos, a mulher não apresenta alterações comportamentais. Este costuma ser o período em que as mulheres se sentem melhor e mais ativas.

  • FASE 3: linda demais!

    Ovulação: o período fértil sempre ocorre 14 dias após o começo de ciclos normais. É a fase em que os folículos se rompem e os óvulos começam seu caminho pelas trompas, dos ovários até o útero. Nessa fase há um pico dos hormônios estrógenos e aumento da libido. As mulheres tendem a se sentir melhor com seu corpo: “isso ocorre porque não há retenção de líquidos nessa fase”, explica Andressa. Algumas mulheres podem sentir dor na ovulação. “Isso acontece no momento em que o folículo se rompe. Pode haver sangramento, que é imperceptível. Esse fenômeno pode se repetir durante alguns meses, ou acontecer apenas uma vez na vida”, diz o ginecologista Márcio Coslovsky, membro da American Society for Reproductive Medicine (ASRM).

  • FASE 4: mantenha distância

    Fase Lútea: “Nesta fase, os restos do folículo, que liberou o óvulo, se transformam em corpo lúteo, com secreção hormonal própria”, ensina a endocrinologista Amanda Athayde. E a partir daí começam a aparecer os sintomas que denunciam que essa fase é a mais difícil do mês, aquela em que ocorre a tensão pré-menstrual. Essa fase é notadamente marcada por mudanças no humor e no corpo, que se dividem em cinco grupos distintos (veja a seguir).

     

  • Mau humor, irritação e depressão 

    Alguns sintomas são mais comuns do que outros: “80% das mulheres podem começar a sentir mau humor, predominando irritação e depressão”, contabiliza Amanda. Isso ocorre devido à sensibilidade do organismo da mulher às mudanças hormonais, principalmente a redução da serotonina, que também ocorre nessa fase. A serotonina também afeta o apetite e, algumas mulheres, buscam comidas como conforto, como explica a endocrinologista Andressa Heimbecher. Mas não há como não sentir-se mau humorada, pois a retenção de líquidos é outro sintoma muito comum.

    “O aumento da mama e o inchaço são as mudanças mais frequentes no corpo e podem se iniciar até uma semana antes de menstruar. Com o aumento da retenção de líquido, a mulher pode perceber o ganho de 1 a 2 kg”, descreve o ginecologista Coslovsky. Então, quando a menstruação chega, os estrógenos voltam a subir, o humor melhora, e começa tudo de novo.

Texto Natasha Franco  / Foto: Shutterstock 

Revista VivaSaúde/ Edição 144



COMENTE!