assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

A má alimentação pode contribuir para crises de enxaqueca?

Publicado em 18 de Mar de 2017 por Kelly Miyazato | Comente!

Algumas escolhas equivocadas na hora das refeições podem contribuir para crises de enxaqueca. Fique atento a alguns exemplos de má alimentação para evitar que as dores persistam



 

Veja como a má alimentação pode contribuir para crises de enxaqueca

  • Efeito dieta regrada

Alguns pacientes com enxaqueca têm sua dor iniciada por alimentos. “Os mais comuns são aqueles que provocam reações quimicamente mediadas. Por exemplo: nitritos (cefaleia do cachorro-quente), glutamato monossódico (cefaleia do restaurante chinês), flavonoides fenólicos (vinho vermelho) e tiramina (presente em alimentos defumados, queijos e laticínios)”, lista NormaFleming, neurologista da Sociedade Brasileira de Estudos da Dor (SBED). O mesmo vale para o álcool, feniletilamina e aspartame. “Basicamente, todos agem na pressão arterial, podendo levar a crises”, acrescenta Ana Luisa Vilela, nutróloga de São Paulo (SP). Vale ainda evitar jejuns prolongados.

 

*Por Leonardo Valle | Ilustração Shutterstock | Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Revista VivaSaúde | Ed. 160

Assine já e garanta 6 meses grátis de outro título

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



COMENTE!