assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

7 formas para se livrar das varizes

Publicado em 01 de Sep de 2017 por Kelly Miyazato | Comente!

Questões como diâmetro do vaso, extensão da doença, estado do paciente, custos e resultados estéticos determinam a escolha dos procedimentos ou cirurgias para varizes. Conheça os principais formas para se livrar do problema!



 

Confira 7 formas para se livrar das varizes

1. Escleroterapia Tradicional
Consiste na injeção de medicamentos como a glicose e outras substâncias em vasos pequenos e superficiais (de até 1,5 mm) para causar fibrose e, então, “secá-los”. Na crioescleroterapia, os medicamentos são congelados antes da aplicação, para aliviar a dor.

2. Laser para veias e vasinhos na face e no corpo
O laser transdérmico substitui as agulhas. Há risco de manchas, especialmente para quem tem pele morena ou negra.

3. Clacs (Cryolaser + Cryoescleroterapia)
Inclui o laser transdérmico seguido de escleroterapia com glicose, o que potencializa o efeito de cada técnica. Permite o tratamento de algumas veias mais calibrosas.

4. Cirurgia Convencional
É realizado por pequenas incisões no tornozelo e na virilha, por onde a veia safena é removida. É feita em hospital e com anestesia. É coberto pelo SUS e por planos de saúde e tem ótimo resultado estético, mas o pós-operatório é mais longo e a perna fica com hematomas nesse período.

5. Microcirurgias de Varizes
Consiste na retirada de varizes através de pequenas incisões na pele, sem a necessidade de pontos e com recuperação mais rápida. Pode ser feita com anestesia local, dependendo do caso.

6. Laser Endovenoso ou Radiofrequência
O procedimento é feito sem corte, só com punção na virilha. Com auxílio do ultrassom, uma fibra com laser ou radiofrequência promove a ablação, ou seja, “queima” da parede do vaso. Os resultados são similares ao da cirurgia convencional, mas o pós-operatório é menos doloroso.

7. Escleroterapia com Espuma
A injeção de espuma (poliodocanol) pode tratar de vasinhos à veia safena sem necessidade de internação. É previsto no SUS (exceto para os casos de caráter estético). Há risco de manchas e reações alérgicas.

 

  • Para entender mais sobre as patologias que afetam o sistema circulatório com um todo, garanta já a Coleção VivaSaúde Especial – Varizes e doenças circulatórias → http://bit.ly/2iOhzpC.

 

*Produção e Edição de Texto Tatiana Pronin | Foto Marcelo Resende e Shutterstock | Coleção VivaSaúde Especial – Varizes e doenças circulatórias |  Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Coleção VivaSaúde Especial – Varizes e doenças circulatórias

 

 

 



COMENTE!