assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

5 verdades sobre os dentes da gestante

Publicado em 08 de Jul de 2014 por Marília Alencar | Comente!

Tire suas dúvidas lendo as 5 verdades sobre os dentes da gestante



Texto Marcela Carlini/ Foto: Shuterstock/ Adaptação: Marília Alencar

Dentes da grávida

(Foto: Shutterstock)

1. A gravidez não deixa os dentes “fracos”, pois não ocorre perda de minerais (cálcio e fosfato) dos dentes da mãe para formar os ossos ou os dentes do bebê.

2. O aumento das cáries nas gestantes ocorre devido a alterações nos hábitos alimentares (dieta mais rica em carboidratos e a ingestão de alimentos em intervalos menores), o que contribui para a formação da placa bacteriana.

3. Não é recomendado o uso de antissépticos bucais, pois são produtos químicos que devem ser utilizados apenas sobre a supervisão de um cirurgião-dentista ou do médico responsável.

4. A gravidez não causa gengivite ou periodontite. Devido a alterações hormonais, ocorre uma maior vascularização nessa região, que fica mais susceptível a infecções. No entanto, a causada inflamação é a placa bacteriana, não a gravidez.

5. A língua deve ser higienizada, pois é nessa região que as bactérias ficam alojadas. A limpeza deve ser feita diariamente com um higienizador específico e não com escovas. Por serem muito altas, elas podem provocar enjoo na futura mãe.

Revista VivaSaúde/ Edição 93



COMENTE!