assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Revista VivaSaúde, edição 176

Publicado em 09 de Jan de 2018 por Kelly Miyazato | Comente!

Embora o tempo de suas consultas seja escasso, devemos buscar o atendimento médico que dê a devida atenção ao paciente. Quer saber mais? Te contamos esta e outras dicas de saúde na edição 176, Revista VivaSaúde. Adquira já a sua e fique por dentro!



 

Revista VivaSaúde de dezembro - Ed. 176
À venda por R$ 13,90

  • Por uma medicina baseada na narrativa

Uma das coisas mais fascinantes do jornalismo de saúde é que não há como falar sobre a arte de prevenir e tratar doenças sem esbarrar nas questões existenciais. Junto ao avanço da medicina e das terapias mais revolucionárias está o homem e sua inexorável mortalidade.

É assim que surgem movimentos que desejam aproximar a medicina das ciências humanas. O objetivo é que os profissionais da saúde não se distanciem das emoções das pessoas e é exatamente nisso que se fundamenta a medicina baseada na narrativa, a admirável prática que busca melhorar a eficácia do tratamento por meio da atenção, reflexão e conexão com o paciente.

A médica Rita Charon, coordenadora do curso de medicina narrativa na Universidade Columbia, nos Estados Unidos, diz que a história que o enfermo conta é tão importante quanto os sinais e sintomas clínicos da sua enfermidade. “Quem está doente precisa de médicos que entendam suas doenças, tratem seus problemas, mas também o acompanhe em seu sofrimento.”

O fato é que dados do Laboratório de medicina narrativa em Florença, na Itália, revelam que a maioria dos pacientes é interrompida 18 segundos após ter iniciado o relato de suas queixas! Como a vida e a saúde são os bens mais valiosos que possuímos, é imperioso que exercitemos nosso direito de escolher médicos que estejam dispostos a nos ouvir, apesar do escasso tempo de suas consultas. Quando ainda não existiam pílulas como as de hoje, dar aos pacientes a oportunidade de falar sobre seus males era o melhor medicamento que os médicos podiam oferecer. Pense nisso, e boa leitura!

 

*Por Cristina Almeida | Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Acesse →  Revista VivaSaúde e assine já!

 

 

 

 

 

 

 



COMENTE!