assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Revista VivaSaúde, edição 166

Publicado em 25 de Mar de 2017 por Kelly Miyazato | Comente!

Aposte nas dicas e venha conferir todas as novidades da edição 166, da Revista VivaSaúde, que está simplesmente imperdível!



 

Revista VivaSaúde de fevereiro - Ed. 166
À venda por R$ 12,90

A poeta Adélia Prado já descreveu o que uma mulher pode vivenciar após o dia em que marcou no calendário a chegada da sua última menstruação: “Descubro que estou chorando todos os dias/ Os cabelos entristecidos/ A pele assaltada de indecisão... De que modo vou chegar ao balcão sem juventude?” As mudanças hormonais podem mesmo alterar o humor e a pele, mas é preciso lembrar que cada corpo responderá diferentemente a elas. O que a literatura médica tem bem estabelecido é que 75% das mulheres terão fogachos, as famosas ondas de calor. Em uma redação formada por uma maioria feminina, consideramos assustadora a lista de sintomas que, um dia, temos a chance de sentir no climatério: depressão, ansiedade, aumento de peso, insônia etc. Mas não precisa ser assim. Uma ginecologista da Universidade da Pensilvânia (EUA) me garantiu que o que se vê na vida real é que mulheres que conhecem seus corpos e têm apoio do parceiro e da família não passam por sobressaltos. A VivaSaúde falou com vários especialistas para descobrir o que, de fato, funciona para minimizar os efeitos dessa mudança. Descobrimos que há várias saídas, elas são acessíveis, podem e devem ser testadas. Afinal, o climatério marca o fim da idade reprodutiva, e não o fim da vida! Conhecer mais sobre saúde feminina traz uma melhor percepção dos sinais que seu corpo manifesta, e ainda facilita a identificação das atitudes que levam ao controle do seu bem-estar. É isso o que chamam de empoderamento feminino na saúde. Boa leitura!

 

*Por Cristina Almeida | Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Clique em:  Revista VivaSaúde e assine já!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



COMENTE!