assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Revista VivaSaúde, Edição 164

Publicado em 01 de Feb de 2017 por Kelly Miyazato | Comente!

Quer conferir todas as dicas, novidades, além de soluções naturais e saborosas para o seu dia a dia? Então, vá até a banca mais próxima ou peça já pelo site a sua Revista VivaSaúde – Edição 164



 

Revista VivaSaúde de dezembro - Ed. 164
À venda por R$ 12,90

  • Contra a dor, é tudo junto e misturado

Penso que vocês não sabem, mas a dor é a responsável pela maioria das consultas médicas em todo o mundo. Dados de 2015 do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NHI) revelaram que no trimestre anterior à conclusão de uma pesquisa sobre o tema, 11% da população analisada sentiram dor diariamente. E mais: outros 17% sofriam com o problema em níveis graves. A sensação dolorosa é um sinal vital, como a temperatura do corpo, a respiração, mas é difícil de ser medida e tratada: cada pessoa é única e sente a dor do seu próprio jeito. Fatores ambientais, comportamentais e até enfermidades crônicas estão entre as causas desses quadros. O quebra-cabeça é ainda mais desafiador quando sabemos que as pessoas vão se virando como podem. Um analgésico aqui, outro ali... só até a automedicação não fazer mais efeito. Mas aí já se terão passado meses (ou anos). A dor, que era aguda, torna-se crônica. As evidências científicas indicam que poderá ser ainda mais difícil controlar a intensidade do problema. O melhor a se fazer é não ignorar a sabedoria que há em seu corpo e, sobretudo, não abusar dos medicamentos. Se a dor não passar em uma ou duas semanas, um médico deve ser consultado. Enquanto se investiga de onde vem o incômodo, você pode caprichar na dieta escolhendo alimentos com poder analgésico. Eles funcionam e dão uma força até durante o tratamento. No mundo da terapia antidor, médicos, psicólogos, massagistas, nutricionistas e você, entre outros, trabalham sincronizados. Pense que esta é uma versão médica sobre o dito popular tudo junto e misturado. É esta a fórmula do sucesso contra a dor. Boa leitura!

 

*Por Cristina Almeida | Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Clique em:  Revista VivaSaúde e assine já!

 

 

 

 



COMENTE!