assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Músicas tristes induzem emoções positivas

Publicado em 23 de Apr de 2015 por Marília Alencar | Comente!

Músicas tristes induzem emoções positivas, diz estudo da Tokyo University of the Arts e do RIKEN Brain Science Institute (instituições do Japão)



Texto Diego Benine / Foto: Shutterstock 

Músicas

(Foto: Shutterstock)

Pesquisadores da Tokyo University of the Arts e do RIKEN Brain Science Institute (instituições do Japão) apontam que ouvir músicas melancólicas pode, sim, gerar emoções positivas. 44 voluntários — entre músicos eleigos — escutaram duas peças consideradas tristes (La Séparation e Blumenfeld’s Edude Sur Mer, do compositor russo Mikhail Glinka), bem como uma música feliz (Allegro de Concierto in G major, de Enrique Granados).

Ao final, eles relataram que as peças de Glinka, embora mais trágicas e menos alegres do que a outra composição, não acarretaram nenhum sentimento negativo. Segundo os cientistas, ao contrário das frustrações da vida real, a tristeza vivida por meio da arte é sentida de maneira agradável, possivelmente porque não representa uma ameaça para a segurança do indivíduo. Eles apontam que, em alguns casos, isso até poderia ajudar as pessoas a lidar com suas emoções negativas.

Revista VivaSaúde / Edição 125



COMENTE!