assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

7 dicas para manter a calma

Publicado em 19 de Jul de 2013 por Leticia Maciel | Comente!

Diante de um contratempo, nada melhor do que voltar ao equilíbrio para resolver o problema com serenidade. Se você quer aprender a fazer isso rapidamente veja 7 dicas para recuperar a calma



Texto: Rita Trevisan e Louise Verniner/ Foto: Shutterstock/ Adaptação: Letícia Maciel

A música pode provocar sensações de bem-estar, escolha a que faça você se sentir relaxada.
Foto: Shutterstock

Prepare a sua seleção de músicas calmantes

Quem disse que é preciso ouvir sons de passarinhos para desestressar? Segundo a musicoterapeuta Maristela Smith, professora das Faculdades Metropolitanas Unidas, osom que faz bem é aquele que agrada a quem ouve. “A música atua na bioquímica do nosso organismo, tanto positiva quanto negativamente, e muitos autores falam sobre a influência dos sons no ritmo cardíaco”, diz. Só tem um detalhe: as sensações que uma mesma música provoca podem variar muito de uma pessoa para outra, e o segredo é descobrir a que funciona para acalmar você.

Pinte e borde

Descobrir uma atividade manual que lhe dê prazer ajuda a desviar a atenção de uma situação que gerou raiva, pois reduz o ritmo de refluxo de pensamento, que é a tendência de ficar remoendo detalhes da situação confl itante”, diz o terapeuta José Naum de Mesquita Chagas.

Coma seu doce preferido sem culpa

Repare como depois de uma situação altamente estressante nos sentimos como se houvéssemos acabado de carregar uma mudança inteira sozinhos. O pique, de repente, vai a zero. Pois para repor esse estoque os alimentos doces são um santo remédio. “Eles se transformam em energia muito rapidamente e induzem a um aumento da serotonina, neurotransmissor que é responsável por nos trazer sensação de relaxamento e bem-estar”, esclarece a nutricionista funcional Cínthia Perine.

Perfume o ambiente

Os óleos essenciais de lavanda, bergamota, laranja, manjericão e cedro são tiro e queda para desacelerar a mente depois de um dia daqueles! Para obter os benefícios da aromaterapia, o melhor é usá-los num difusor ou aromatizador, em casa ou no local de trabalho. “Também vale pingar duas gotinhas do óleo num pano e aspirar lentamente o aroma. Só não use o óleo sobre a pele”, diz a aromatóloga Sâmia Maluf.

Use o pensamento a seu favor

Uma forma eficiente de tirar o foco da tensão é convidar a sua mente para passear por um bosque florido e tranquilo, pela praia numa manhã de sol ameno ou por qualquer outro cenário que lhe proporcione sensação de paz. E dá para fazer isso em qualquer canto mais reservado. “O exercício pode acompanhar o ritmo da respiração. Quando inspirar, mentalize algo que lhe transmita calma e, ao expirar, imagine que está liberando todos os sentimentos que estão prejudicando você”, ensina a professora de ioga Márcia de Luca.

Dê uma massagem de presente a si mesmo

Você não precisa conhecer nenhuma técnica para começar a tocar o corpo em busca do relaxamento. Escolha um lugar silencioso, sente-se confortavelmente e, então, tente identificar quais são os pontos que estão sobrecarregados. Daí, bastará apertá-los com as mãos, por segundos, para soltá-los em seguida. “Em geral, ombros, pescoço e costas são regiões que acumulam bastante tensão”, ensina a massoterapeuta Sílvia Mussolini.

Dance

Durante a prática, liberamos substâncias químicas como a endorfina, que nos traz sensação de prazer. Para se ter uma ideia, a molécula de endorfina é bem parecida com a da morfina, um poderoso analgésico”, diz o professor de educação física Rui Afonso. O mesmo vale para todos os outros tipos de exercícios, aeróbicos ou não. O fundamental é escolher uma dança da qual você realmente goste, além de respeitar seus limites.



COMENTE!