Viva Saúde
Edição 8 - Dezembro/2004
 
Sumário da Edição
Edições Anteriores
Editorial
Sala de Espera
Consultório Médico
Aconteceu Comigo
Raio x
Leveza à Mesa
Atividade física
Saúde Natural
Mundo Infantil
Olho Clínico
Mais Vitalidade
Onde Encontrar
Internet
 
Exclusivo assinantes
Fale conosco
Assine já
Anuncie
 

  40 verdades e mentiras sobre MENSTRUAÇÃO
"Mulher é bicho esquisito, todo mês sangra..." Da letra de Rita Lee ao que acontece antes, durante e após 'aqueles dias'... Será que tudo o que é dito corresponde à realidade?

POR MARIANA VIKTOR
ILUSTRAÇÃO MARCELO GARCIA

19) A ovulação provoca cólica como a menstrual.
DEPENDE A ovulação pode, sim, ser dolorida para algumas mulheres, enquanto para outras ela passa totalmente despercebida.

20) Absorventes internos podem romper o hímen.
FALSO
O hímen possui uma abertura que permite a passagem do fluxo menstrual e a introdução de um absorvente interno. Se a garota tiver dúvidas, deve ir ao ginecologista para aprender a usá-lo.

21) Absorventes internos provocam câncer.
FALSO Uma denúncia que circula pela Internet diz que esses absorventes possuem substâncias cancerígenas que aumentariam o sangramento, obrigando a mulher a comprar maior quantidade do produto. No entanto, o FDA, órgão que controla remédios e alimentos nos Estados Unidos, garante que não passa de boato: os absorventes internos contêm apenas algodão e rayon (polpa de madeira alvejada).

22) Absorventes internos podem levar à Síndrome do Choque Tóxico.
VERDADEIRO
Embora mulheres que não usam absorventes internos também possam apresentar o problema, a incidência da Síndrome do Choque Tóxico (SCT) é maior entre as que utilizam esses produtos. A SCT é uma infecção rara, mas bastante séria, que pode ser fatal. O agente é a bactéria Staphylococcus aureus, que encontra nos absorventes internos um ambiente propício para liberar toxinas nocivas. A dica é dar preferência a produtos de menor absorção, trocá- los a cada oito horas e suspender o uso caso esteja realizando algum tratamento (para corrimento, por exemplo), já que eles inibem a cura da infecção. Se durante a menstruação a mulher tiver febre alta, diarréia, dor de cabeça, vômitos, desmaios, dores musculares e ardor na pele, deve remover o absorvente e procurar um médico.

23) Se a mulher ficar nervosa, o sangue menstrual pode subir para a cabeça e deixá-la louca.
FALSO Não existe nenhum jeito desse sangue chegar até a cabeça. A depressão e o stress, por outro lado, podem alterar o ciclo menstrual e predispor a cólicas e à tensão pré-menstrual (TPM).

24) Cólicas intensas, sem causa fisiológica, indicam que a mulher está insatisfeita com o parceiro.
FALSO
A cólica é produzida pela elevação nas taxas de prostaglandinas e não tem relação com a satisfação sexual da mulher, tanto que virgens também podem ter essas dores. Elas costumam ser mais intensas nos ciclos ovulatórios, isto é, nos períodos em que, caso ocorresse relação sexual, haveria maior chance de uma gravidez.

25) A relação sexual pode desencadear a menstruação.
FALSO Qualquer sangramento durante o ato sexual e fora do período menstrual deve ser investigado.

26) Se uma mulher, menstruada pela primeira vez, passar entre dois homens, um deles morrerá.
FALSO Essa crença consta do Talmud, um dos livros sagrados do Judaísmo. Mas, como toda superstição, não tem fundamento.

27) Após o fluxo menstrual a mulher deve fazer uma ducha interna.
FALSO
O fluxo menstrual é limpo. A higiene íntima antes, durante e após o período deve ser a mesma. Não é necessário qualquer processo de ducha, o banho convencional é suficiente. Aliás, duchas em excesso são prejudiciais, pois reduzem a proteção natural da vagina.

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | Próxima >>


Faça já sua busca
no site da revista Viva Saúde


Copyright © 2008 - Editora Escala
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.