Editora Escala
  Loja Escala | Faça sua Assinatura | Anuncie | SAC | 55 11 3855-1000    
Viva Saúde
Edição 68
Sumário da Edição
Edições Anteriores
Editorial
Sala de Espera
Consultório Médico
Aconteceu Comigo
Raio x
Leveza à Mesa
Atividade física
Saúde Natural
Mundo Infantil
Olho Clínico
Mais Vitalidade
Onde Encontrar
Internet
 
Exclusivo assinantes
Fale conosco
Assine já
Anuncie
 



  Cálcio emagrece!
O mineral, comprovadamente benéfico para fortalecer os ossos e diminuir a pressão arterial, também está associado à perda de peso, segundo pesquisadores. Descubra em quais alimentos ele está presente e a melhor forma de consumi-lo para baixar os ponteiros da balança

POR SÍLVIA DALPICOLO

Quem não gostaria de emagrecer comendo aquilo de que mais gosta? Se o seu tipo de alimentação preferida é à base de laticínios, vem aí uma boa notícia. O cálcio parece ter mesmo relação com a perda de peso. Nos EUA, são vários os estudos que relacionam indivíduos obesos com o baixo consumo do mineral. Um deles foi elaborado pela Universidade do Tennessee sob o comando de Michael Zemel. Nele, enquanto os pesquisadores analisavam o efeito do cálcio na hipertensão, foi descoberto, por acaso, que ele também ajudava a queimar gordura no organismo.

Os participantes consumiram dois copos de iogurte por dia, durante um ano. Ao final do experimento, a surpresa: além de reduzir a pressão sanguínea, o grupo apresentou quilos a menos. Zemel concluiu que uma dieta pobre em cálcio parece estimular a produção das enzimas responsáveis pela produção de gordura e diminui sua atividade na queima delas. O aumento da ingestão de cálcio altera o trabalho celular e faz com que elas armazenem menos gordura e ativem os mecanismos que eliminam aquela já acumulada.

Outro estudo também feito em terras norte-americanas, na Universidade de Purdue, acompanhou 54 mulheres durante dois anos que fizeram uma dieta de 1.900 kcal, em que ingeriam 1 g de cálcio diariamente sob a forma alimentar. No final, a balança apontava sete quilos a menos nas voluntárias. Os pesquisadores ainda identificaram a relação do Índice de Massa Corpórea à ingestão do mineral. Pessoas obesas consumiam menos cálcio, enquanto o inverso ocorria com as mais magras.

CÁLCIO + DIETA EQUILIBRADA

Antes de comemorar comendo uma grande quantidade de queijo amarelo ou passar dias à base de leite esperando a silhueta afinar, é preciso cautela. Apesar dos resultados animadores das pesquisas, o cálcio por si não garante uma significativa perda de peso. “Existem alguns indícios que mostram que o cálcio tem papel no emagrecimento. O fato é que, para perder peso, você precisa comer menos calorias e gastar mais energia.

O balanço energético é determinante, o que tentamos buscar são outros fatores que tenham interferência maior ou menor”, conta Mariana Del Bosco, da Abeso. “O cálcio é apenas uma das centenas de fatores que podem envolver o emagrecimento. Obviamente que não adianta e não é adequado mudar só a quantidade de cálcio ingerido ao dia, deve-se ter uma mudança de hábito alimentar para que os resultados sejam benéficos, saudáveis e duradouros”, orienta Barbara Sanches. Na prescrição de uma dieta emagrecedora, a quantidade ingerida do mineral só aumentará caso o paciente não satisfaça a necessidade ideal diária. Caso contrário, permanece o valor de aproximadamente 1 g.

“Muitas vezes o consumo anterior ao começo do tratamento era baixo e precisamos aumentá-lo. Assim como a ingestão anterior poderia ser exagerada, até mesmo com o consumo desequilibrado de suplementos alimentares. Nesses casos, é oferecido um valor para tentar equilibrar o organismo”, completa Barbara.

FUSÃO DE IMAGENS: HELTON GOMES


PESQUISADORES NORTEAMERICANOS COMPROVARAM QUE PESSOAS OBESAS CONSUMIAM MENOS CÁLCIO, ENQUANTO O INVERSO OCORRIA COM AS MAIS MAGRAS

Efeitos no corpo

O Brasil logo pegou carona nesses estudos e passou a pesquisar o outro lado, até então desconhecido, do mineral. Por aqui, existem várias hipóteses para explicar esse efeito emagrecedor. A nutricionista Mariana Del Bosco, co-responsável pelo departamento de Nutrição da Associação Brasileira de Estudos da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), aponta uma delas: “O cálcio atua dentro das células de gordura. Quando a pessoa tem uma dieta rica nesse nutriente, isso faz com que dentro do adipócito (células responsáveis pelo armazenamento de gordura no corpo humano) haja um estímulo à lipólise, ou seja, para a queima de gordura e também para sua menor agregação dentro da célula”.

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | Próxima >>

Faça já sua busca
no site da revista Viva Saúde
Cadastre-se já no boletim da revista Viva Saúde



Editora Escala
  Loja Escala | Faça sua Assinatura | Anuncie | SAC | 55 11 3855-1000