Viva Saúde
Edição 63
 
Sumário da Edição
Edições Anteriores
Editorial
Sala de Espera
Consultório Médico
Aconteceu Comigo
Raio x
Leveza à Mesa
Atividade física
Saúde Natural
Mundo Infantil
Olho Clínico
Mais Vitalidade
Onde Encontrar
Internet
 
Exclusivo assinantes
Fale conosco
Assine já
Anuncie
 

O alimento revelado em detalhes
  Baixe o colesterol com a berinjela
Originário da Índia, esse legume é oito ou oitenta: tem quem adore e quem torça o nariz só de ouvir falar. Indicado para quem quer baixar níveis de colesterol, tem outras propriedades menos conhecidas, mas também importantes

POR GUSTAVO XAVIER

EFEITOS NA SAÚDE

Conforme enumera a nutricionista Maria Gandini, da RG Nutri, a berinjela é um vegetal com alto teor de água, baixo teor de proteínas, é rica em fibras, sais minerais (cálcio, fósforo, potássio e magnésio) e vitaminas (A, B1, B2, niacina e vitamina C), saponinas, compostos fenólicos, flavonóides e glicoalcalóides. Sua combinação de elementos nutricionais tem a capacidade de:

 Diminuir o colesterol plasmático;
 Produzir efeito hipoglicêmico (recomendável para quem tem diabetes);
 Combater à aterosclerose;
 Ação vasodilatadora e efeito diurético (ideal para quem sofre de hipertensão).

Calor que queima nutrientes
Geralmente, a berinjela é preparada assada, frita ou grelhada. À milanesa, picada e com molho picante, recheada, em suco, em omeletes, enfim, a lista é grande e mostra o quanto sua versatilidade na cozinha pode ser deliciosa. Mas é bom ressaltar que seu cozimento pode causar algumas perdas importantes, dependendo do tempo, da maneira como é preparada e do calor envolvido. Tais perdas podem ser:
 Fósforo: de 15% a 45%
 Cálcio: de 10% a 30%
 Vitamina C: de 5% a 20%
 Vitamina B1: de 5% a 25%
 Ferro: de 20% a 50%
Para não desperdiçar as propriedades nutritivas da berinjela, é aconselhável prepará-la em temperaturas moderadas e com pouca quantidade de água.

COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL*
1 berinjela (150 g)
Energia:
30 kcal
Proteína:
1,80 g
Carboidrato:
6,60 g
Lipídeos:
0,15 g
Fibra:
4,35 g
Potássio:
307,5 mg
Fósforo:
30 mg
*FONTE: MARIA GANDINI, DA RG NUTRI

Colesterol na mira

Em razão do alto teor de fibras solúveis, a berinjela é uma das armas para combater o colesterol. Isso porque tais fibras aderem aos sais biliares no intestino, seqüestram-nos e os levam para fora do organismo por meio das fezes. Assim, o fígado é induzido a queimar colesterol para produzir mais bile, o que reduz suaquantidade no plasma sanguíneo.

 


Faça já sua busca
no site da revista Viva Saúde
Cadastre-se já no boletim da revista Viva Saúde


Copyright © 2008 - Editora Escala
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.