Viva Saúde
Edição 53 - Setembro/2007
 
Sumário da Edição
Edições Anteriores
Editorial
Sala de Espera
Consultório Médico
Aconteceu Comigo
Raio x
Leveza à Mesa
Atividade física
Saúde Natural
Mundo Infantil
Olho Clínico
Mais Vitalidade
Onde Encontrar
Internet
 
Exclusivo assinantes
Fale conosco
Assine já
Anuncie
 

  Que cansaço é esse que não passa?
Dores pelo corpo e falta de energia para tudo... pode ser mais do que uma indisposição passageira. Faça o teste e veja se você não é um candidato à síndrome da fadiga crônica

POR WIVIAN MARANHÃO FOTOS: CAIO MELLO

Sem causa comprovada, a síndrome que atinge mais as mulheres pode surgir após uma gripe

Alternativas para tratar

O desconhecimento sobre as verdadeiras causas do problema explica a falta de uma terapia específi ca. E como a evolução da doença é imprevisível, os médicos não arriscam falar de cura, só de remissão. “Os sintomas são tratados de forma paliativa”, explica Daniel Feldman, professor de Reumatologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

O mais importante é a readaptação física. Como o diagnóstico demora, o paciente fi ca tão fadigado que perde o condicionamento físico e sua musculatura enfraquece. “Nesses casos, a recomendação é praticar exercícios aeróbicos, como natação e corrida, aliados ao treinamento de força, sempre com orientação”, diz o professor.

A segunda alternativa é lançar mão de remédios. Além de analgésicos para as dores no corpo, é comum o uso de antidepressivos para melhorar a qualidade do sono e a vitalidade. Em certos casos, são prescritos até anabolizantes, a fi m de intensifi car a performance dos músculos.

Já para os pacientes mais perfeccionistas, que se estressam facilmente diante dos desafi os, é indicada ainda a terapia cognitivo-comportamental — que foca a atenção na forma da pessoa se comportar e pensar.

Segundo Geraldo Medeiros Jr, estudioso de bioenergia e autor do livro Me sinto doente... e ninguém sabe o que tenho (Ed. Medeiros), a fadiga crônica é um alerta de que algo não está fl uindo bem no corpo. Por isso, são vitais cuidados além dos remédios. “Com reorientação alimentar — abrindo mão de alimentos que roubam oxigênio do sangue — e pequenas mudanças de hábito, em 30 dias, a pessoa tem a sua capacidade produtiva restaurada e previne males ocultos”, garante Medeiros.

FÁCIL DE CONFUNDIR

Há uma lista de males que tem o cansaço como sintoma. Por isso, quando a falta de pique bate, é preciso antes descartar a presença de..

PROBLEMAS CARDIOVASCULARES
• insufi ciência cardíaca
• arritmias
DOENÇAS AUTO-IMUNES
• lúpus
• artrite reumatóide
• esclerose
• miastenia grave
• polimiosite
DOENÇAS ENDÓCRINAS
• problemas na hipófi se e tireóide
• hipotireoidismo
• adrenais e diabetes
DOENÇAS MUSCULARES E NEUROLÓGICAS
• apnéia do sono
• narcolepsia
• abuso de álcool e outras drogas
• obesidade
• depressão e outros distúrbios psiquiátricos
• Infecções e tumores malignos

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2


Faça já sua busca
no site da revista Viva Saúde


Copyright © 2008 - Editora Escala
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.