Viva Saúde
Edição 47 - Maio/2007
 
Sumário da Edição
Edições Anteriores
Editorial
Sala de Espera
Consultório Médico
Aconteceu Comigo
Raio x
Leveza à Mesa
Atividade física
Saúde Natural
Mundo Infantil
Olho Clínico
Mais Vitalidade
Onde Encontrar
Internet
 
Exclusivo assinantes
Fale conosco
Assine já
Anuncie
 

O alimento revelado em detalhes
  Azedinho do bem
O damasco é rico em fibras, contém poucas calorias e é altamente nutritivo. Pode ser consumido fresco ou seco e compõe pratos doces e salgados. Conheça mais sobre a fruta e aproveite melhor os seus benefícios

POR ROSANA FARIA DE FREITAS

SOBRE A FRUTA
Também conhecido como abricó, o damasco é uma fruta pequena e arredondada, com casca e polpa amarelas, ligeiramente rosadas ou alaranjadas. Pertence à família do pêssego, mas é menor e de sabor mais ácido. Tanto o fresco como o seco podem ser consumidos ao natural ou usados na preparação de pratos doces ou salgados. É encontrado em supermercados e lojas de produtos alimentícios.

FRUTA (100 g)
CALORIAS
CARBOIDRATOS
PROTEÍNAS
LIPÍDIOS
Damasco fresco
54,1
12,3
1,0
0,1
Damasco seco
131
29,6
3,1
--

FORÇA PARA MALHAR
Se você pratica exercícios físicos com regularidade, abuse especialmente do damasco seco: fonte de vitaminas e minerais, repõe com rapidez a energia perdida com os treinos e, como é pequeno e dispensa refrigeração, pode ser levado em um recipiente fechado.

NUTRIÇÃO GARANTIDA
O damasco é supernutritivo e rico em fibras que ajudam o funcionamento intestinal; em betacaroteno, que dá aquela força no bronzeado; em potássio, mineral capaz de regular a pressão arterial e evitar o acidente vascular cerebral; ácido fólico, que previne a malformação fetal; ferro e vitaminas A, B, C e E.

INCENTIVO À DIETA
Precisando perder peso? Não deixe de ter uma reserva de damasco em casa. Ele não contém gordura e apresenta poucas calorias - cerca de 50 em três unidades do fresco e 85 em dez metades secas. Sem falar que a fruta supre a vontade de comer doces durante a dieta.

FICHA TÉCNICA

 NOME CIENTÍFICO: Prunus Armeniaca.
 FAMÍLIA: Rosaceae
 ORIGEM: China e Sibéria. Foi introduzido na Itália, 100 a.C., na Inglaterra, no século 13, e na América do Norte em 1920.
 CARACTERÍSTICAS: são plantas de até 5 ou 7 metros de altura, com copa arredondada. As flores são brancas ou rosadas. O fruto é arredondado, com 3 cm ou mais de diâmetro, casca espessa e polpa dura.
 CLIMA E SOLO: pode ser cultivada nas regiões mais frias do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais.
 NO BRASIL: por problemas de falta de adaptação, é pouco cultivada no país.

CONSULTORIA: CYNTHIA ANTONACCIO, NUTRICIONISTA DA EQUILIBRIUM CONSULTORIA EM NUTRIÇÃO E BEM-ESTAR, DE SÃO PAULO


Faça já sua busca
no site da revista Viva Saúde


Copyright © 2008 - Editora Escala
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.