Viva Saúde
Edição 42 - Março/2007
 
Sumário da Edição
Edições Anteriores
Editorial
Sala de Espera
Consultório Médico
Aconteceu Comigo
Raio x
Leveza à Mesa
Atividade física
Saúde Natural
Mundo Infantil
Olho Clínico
Mais Vitalidade
Onde Encontrar
Internet
 
Exclusivo assinantes
Fale conosco
Assine já
Anuncie
 

o alimento revelado em detalhes
  Energético natural
O açaí, por ser um poderoso estimulante, virou mania entre os praticantes de atividade física para repor as energias após os treinos. Mas seu consumo também faz bem para o intestino, o coração...

POR ANA PRIMO

FOTO FERNANDO GARDINALI. PRODUÇÃO ILKA BERENDTFORÇA TOTAL
1 litro do suco de açaí - com no mínimo uma parte da polpa da fruta in natura para dez partes de água - contém 65,8 g de gorduras do bem (que limpa as artérias), 31,5 g de fibras (que estimula o funcionamento do intestino) e 12,6 g de proteínas, que supre o organismo com uma boa dose de suas necessidades diárias.

CONTRA-ATAQUE SUPERPODEROSO
Por ser rica em antioxidantes, como a antocianina, a fruta auxilia no tratamento da retinopatia diabética (lesões na retina, que podem levar à cegueira) e da displasia mamária (dores na mama). O elevado teor de pigmentos roxos (antocianinas) também reduz os níveis de colesterol, evitando o acúmulo de placas de gordura nas artérias e afastando os riscos de doenças cardiovasculares. A fruta também facilita o transporte de oxigênio para as células.

SAÚDE FÍSICA E MENTAL
Seu alto teor de fósforo, ferro, potássio, cálcio, magnésio, vitamina E e B1, boro e cromo fortalece todo o organismo.

NA TIGELA
Como sobremesa, pode ser misturada com frutas e granola. Mas o açai também é consumido com farinha de mandioca, peixes e até arroz e feijão.

CAFÉ DIET
O caroço da fruta, depois de torrado e moído, se adicionado ao café, diminui em 80% o teor de cafeína. Além de deixar a bebida mais enriquecida e diet, graças à presença de inulina (um açúcar natural e permitido para diabéticos).

ENERGIA
O alto valor energético faz do açaí um perfeito aliado dos atletas. Porém, os sedentários devem consumi-lo com moderação, pois é altamente calórico - 100 g de açaí fornecem 247 calorias.

CONSUMO
O açaí in natura não é encontrado com facilidade fora do Nordeste. É mais comum achar sua polpa (parte comestível), que vem embalada e congelada para consumo. Talvez porque a fruta perca seus nutrientes após sete dias da colheita.

DA ÁRVORE AO LABORATÓRIO
Da palmeira do açaí (do tupi, a fruta que chora) tudo se aproveita. No Nordeste do país, as folhas da árvore são usadas em cobertura de casas, e a madeira em construções. As fibras das folhas tecem chapéus e esteiras, os cachos secos viram vassouras, o tronco produz um palmito de excelente qualidade e as raízes combatem a hemorragia e as verminoses. Hoje, a fruta também está no laboratório. O açaí é estudado como uma opção mais segura de contraste natural para exames de ressonância magnética do abdômen. Segundo o professor e coordenador da pesquisa Dráulio Barros de Araújo, da Universidade de São Paulo (USP), de Ribeirão Preto, essa capacidade da fruta vem da presença de metais, como o manganês e o ferro. A ingestão de um copo de polpa de açaí pelos pacientes melhorou sensivelmente a qualidade das imagens.

FONTE: JOCELEM SALGADO, PESQUISADORA E PROFESSORA TITULAR EM NUTRIÇÃO DA ESALQ, DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP) E WWW.USP.BR/RIBEIRÃO PRETO


Faça já sua busca
no site da revista Viva Saúde


Copyright © 2008 - Editora Escala
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.