Viva Saúde
Edição 23 - Março/2006
 
Sumário da Edição
Edições Anteriores
Editorial
Sala de Espera
Consultório Médico
Aconteceu Comigo
Raio x
Leveza à Mesa
Atividade física
Saúde Natural
Mundo Infantil
Olho Clínico
Mais Vitalidade
Onde Encontrar
Internet
 
Exclusivo assinantes
Fale conosco
Assine já
Anuncie
 

  Dor nas juntas
A artrite reumatóide é uma doença crônica de causa desconhecida e se caracteriza por inflamação persistente nas articulações, causando grande incômodo. Descubra como diagnosticá-la e as formas de tratamento disponíveis

POR ROSE MERCATELLI

O REUMATOLOGISTA É O PROFISSIONAL INDICADO PARA CONDUZIR O TRATAMENTO, SEJA ELE MEDICAMENTOSO OU FISIOTERÁPICO

Outra classe de medicamento usada no tratamento é a que modifica o curso da doença. Porém os resultados costumam aparecer somente depois de semanas ou meses. Enquanto isso, os antiinflamatórios continuam sendo ministrados. Entram nesse grupo os compostos de ouro (aurotioglicose e aurotiomalato), antimaláricos (hidroxicloroquina e difosfato de cloroquina), sulfassalazina, methotrexate, leflunomide e outros agentes (azatioprina).

Novas drogas estão surgindo para evitar a progressão da enfermidade, principalmente os casos que não respondem bem a nenhum dos remédios citados. "Estes medicamentos biológicos atuam bloqueando uma proteína inflamatória denominada Fator de Necrose Tumoral (FNT)", avisa o médico Roberto Heymann. E o melhor: têm ação rápida na maioria dos casos.

Quando as juntas já perderam mobilidade e foram severamente afetadas, no entanto, a indicação pode ser a cirurgia para corrigir as deformidades e melhorar a função articular. Em algumas situações, há a colocação de próteses, nos joelhos, por exemplo, em substituição às estruturas, como ossos, cartilagens e ligamentos lesadas pelo processo inflamatório.

Exercícios adequados
É bom lembrar também que, durante o tratamento, a reabilitação e a terapia ocupacional são importantes para diminuir as seqüelas e manter as funções das articulações do doente. A fisioterapia pode ir desde o uso de uma tala simples para poupar a junta dolorida de um dedo até exercícios específicos para melhorar o tônus muscular. Segundo os especialistas, caminhar e nadar são atividades adequadas desde que não forcem as juntas.

A tradicional medicina chinesa também pode auxiliar. Por meio da acupuntura, por exemplo, é possível controlar alguns sintomas da AR. "Essa terapia propicia bons resultados no alívio da dor e até na interrupção do avanço da doença", informa o médico Arnaldo Marques Filho, coordenador do Ambulatório de Acupuntura do Hospital São Camilo, em São Paulo.

E lembre-se: ao mínimo sinal de um possível quadro de artrite reumatóide, o caminho mais curto para o alívio das dores e a prevenção das deformidades é o do consultório de um reumatologista, o profissional indicado para conduzir o tratamento, seja ele medicamentoso ou fisioterápico.

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3 | 4


Faça já sua busca
no site da revista Viva Saúde


Copyright © 2008 - Editora Escala
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.