Viva Saúde
Edição 15 - Julho/2005
 
Sumário da Edição
Edições Anteriores
Editorial
Sala de Espera
Consultório Médico
Aconteceu Comigo
Raio x
Leveza à Mesa
Atividade física
Saúde Natural
Mundo Infantil
Olho Clínico
Mais Vitalidade
Onde Encontrar
Internet
 
Exclusivo assinantes
Fale conosco
Assine já
Anuncie
 

  O homem em questão
Confira a seguir tudo o que você sempre quis perguntar ao urologista, mas não o fez porque tinha vergonha...

POR ADRIANO CATOZZI

A higiene do pênis requer cuidados especiais?
No dia-a-dia, apenas água e sabonete são indicados para se realizar a higiene peniana. Porém, sempre recuando a pele do prepúcio, expondo inteiramente a glande e permitindo uma limpeza completa do órgão genital. Somente àqueles que apresentam sinais freqüentes de irritação da região genital é recomendada a utilização de anti-sépticos neutros para a limpeza íntima.

Posso ter alergia a camisinhas?
Sim, é possível haver uma irritação no contato com o látex que compõe o produto. Ela costuma se manifestar por uma reação em forma de urticária. Neste caso, deve-se fazer uso de preservativos antialérgicos. O que é inadmissível é ficar sem eles.

Minha ereção não é mais tão forte como antes e algumas vezes meu pênis amolece durante a relação. Será que estou ficando impotente?
Falhas ocasionais podem acontecer com qualquer homem em qualquer idade e não significam, obrigatoriamente, sinal de impotência. As ereções que se desfazem durante o ato sexual costumam ter origem psicológica e estão muito relacionadas à ansiedade e tensão emocional. Porém, quando a situação se torna muito freqüente é aconselhável uma consulta ao urologista, podendo ser necessária a prescrição de algum medicamento.

Ejaculação fraca e com pouco esperma é sinal de problema?
Não. Vários fatores influenciam no volume seminal e na força da sua eliminação, principalmente a excitação e o tempo de abstinência de ejaculação. Entretanto, a partir dos 50 anos ocorre uma diminuição do volume ejaculado e existem algumas condições patológicas que podem originar este problema. Qualquer orientação neste sentido deve ser avaliada por meio da consulta ao urologista.

Acho que tenho ejaculação precoce. O que preciso fazer para aumentar o controle?
Assim como a ereção, a ejaculação também está relacionada à condição de controle psicológico do indivíduo. Como a ejaculação é disparada por uma descarga de adrenalina nas vesículas seminais, se o hormônio já estiver elevado no início do ato sexual, ela acontece antes do que seria desejado, levando à interrupção do coito. Uma boa medida é procurar reduzir o nível diário de tensão emocional e não deixar que ela interfira na relação. Outra recomendação é reconhecer e procurar controlar a própria tensão emocional relacionada ao sexo, o que também atrapalha. Se o problema persistir, o caminho é conversar com o médico. A terapia pode fazer parte do tratamento. Também já existem medicamentos capazes de ajudar a resolver este problema, mas sua administração tem de ser orientada pelo urologista.

Meu pênis é pequeno. Existe tratamento eficiente e seguro, como bombas a vácuo ou cirurgias plásticas?
Esta é uma das queixas masculinas mais comuns. Infelizmente ainda existem tabus que impedem os homens de se expor diante de um especialista e esta desinformação alimenta um mercado de aparelhos, apostilas, exercícios e até cirurgias sem comprovação científica de sua eficácia ou segurança. A maioria daqueles que reclamam não tem 'micropênis', apenas acha seu órgão pequeno. É um problema de auto-estima e trauma psicológico, a chamada 'síndrome do vestiário'. Uma situação diferente é a constatação de pênis pequeno em crianças, pois existem várias situações que podem levar à diminuição do tamanho peniano e que têm tratamento eficaz.

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2


Faça já sua busca
no site da revista Viva Saúde


Copyright © 2008 - Editora Escala
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.